À beira do gramado ou fora do jogo?: as treinadoras do futebol de mulheres no Brasil

Por: Mariana Cristina Borges Novais.

194 páginas. 2018 26/06/2018

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa buscou refletir sobre as trajetórias e experiências de mulheres que ocupam o cargo de treinadoras de futebol, espaço tradicionalmente direcionado aos homens em nossa sociedade. Além desse objetivo, buscou-se compreender como se dá o processo de inserção e permanência dessas mulheres nas comissões técnicas; identificar os desafios na construção de suas carreiras e; conhecer seus anseios acerca das perspectivas de ascensão na carreira como treinadora. Esta pesquisa possui natureza qualitativa e caráter descritivo. Como metodologia, foram utilizados os referenciais e pressupostos da História Oral Temática. A técnica de coleta de dados utilizada foi a entrevista semiestruturada, realizada com um grupo de nove treinadoras que atuaram no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino Caixa (Brasileirão) e Copa do Brasil no ano de 2016. A pesquisa se desenvolveu de maneira online e por telefone, durante dez meses, no período de março de 2017 a janeiro de 2018. A partir dos dados coletados, percebemos que as trajetórias das treinadoras do futebol de mulheres no Brasil são marcadas pela transposição de barreiras e superação de desafios, desde o período em que ocupavam a posição de desportistas até chegarem ao cargo de treinadoras. O processo de inserção e permanência das treinadoras nas comissões está relacionado ao alto grau de capacitação que apresentam, bem como ao bom desempenho enquanto atletas e profissionais da Educação Física. As treinadoras acreditam em possibilidades de ascensão em meio às novas regras impostas pelos órgãos responsáveis pelo futebol do Brasil e da América, e em função de conquistas recentes de suas semelhantes. Entretanto, elas ainda observam muitas barreiras para permanecerem e ascenderem na profissão, além de considerarem que a carreira ainda é incipiente e apresenta condições aquém daquelas oferecidas aos homens. As trajetórias das treinadoras traduzem a eminente resistência oferecida pelas mulheres em espaços tradicionalmente reservados aos homens e apontam para a eficácia das estratégias de subversão utilizadas, as quais abalam as relações de poder estabelecidas nesse campo e questionam os discursos de interdição instituídos na sociedade.

Endereço: https://repositorio.ufjf.br/jspui/handle/ufjf/7097

Ver Arquivo (PDF)

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.