«Entrar no Jogo»: Pela Rússia, Pelo Dinheiro e Pelo Poder

Por: Jim Riordan.

Análise Social - n.179 - 2006

Send to Kindle


Resumo

A evolução do futebol pós-soviético deve ser analisada à luz das cataclísmicas mudanças sócio-políticas que ocorreram desde a queda do comunismo e da URSS em 1991. Para o cidadão comum, o futebol adquiriu um novo e invulgar significado não só como símbolo da nação, mas também como sonho «apolítico». Na Rússia de hoje, o futebol é controlado por «oligarcas» multibilionários que utilizam o desporto sobretudo para dissimularem outras actividades menos desportivas e como meio de branqueamento das suas enormes fortunas. Em resultado disso, os russos começam a impor-se no futebol mundial — a vitória do CSKA na Taça UEFA representa apenas a primeira andorinha do Verão russo. Do mesmo modo, as consequências do domínio oligárquico poderão muito bem desencadear mudanças profundas em todo o futebol mundial.

Endereço: http://www.scielo.gpeari.mctes.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0003-25732006000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.