A Ação Educativa no Lazer Por Meio de Vivências Lúdicas, Artísticas e Sociais: a Experiência do Projeto Brincando nas Férias 2013

Por: .

XXV ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

O lazer é um dos direitos sociais que deve ser assegurado pelo Estado, pela família e pela sociedade a todos os cidadãos brasileiros, conforme é apresentado em documentos oficiais como a Constituição Federal-CF (1988), o Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA (1990) e o Plano Nacional do Esporte (2005). Considerando o lazer como um espaço amplo que favorece o enriquecimento de experiências, estimula a criatividade, o pensamento crítico, por meio de vivências lúdicas superando a visão de lazer como simples bem de consumo, o Serviço Social do Comércio (Sesc) no Departamento Regional do Maranhão, na cidade São Luís, propôs o Projeto Brincando nas Férias 2013-PBF2013, com o tema “Brincando e Fazendo Arte”, com o objetivo de oportunizar a utilização do tempo livre gerado pelas férias escolares com atividades lúdicas, socioeducativas e artísticas, estimulando novas experimentações e aprendizados. MARCELLINO (2006, p. 38) diz que é fundamental que se assegure à criança o tempo e o espaço para que o caráter lúdico do lazer seja vivenciado com intensidade capaz de formar a base sólida para a criatividade e a participação cultural. A partir da realização do Projeto Brincando nas Férias 2013 (PBF2013), desenvolvido pelo Sesc no Departamento Regional do Maranhão, em São Luís. Este estudo teve como objetivo realizar o registro, a análise e a avaliação das atividades desenvolvidas no ambiente do PBF 2013. Na etapa de planejamento do PBF 2013, buscou-se refletir sobre os direcionamentos da Política de Lazer do SESC (2013), projetando a contemplação da ação educativa no campo do lazer através das diferentes linguagens artísticas, sem perder de vista a diversão e a ludicidade nas ações. O PBF 2013 foi realizado nas duas últimas semanas do mês de julho, com dois grupos de 200 crianças (um em cada semana) de 6 a 10 anos de idade. As atividades desenvolvidas foram categorizadas em três grupos:conhecimento da Cultura Corporal e da Recreação (estação de aventura na tirolesa, diversão aquática, futebol de sabão, estação esportiva e recreativa), conhecimento das Linguagens Artísticas (artes plásticas, dança, música e ainda por meio de apresentações teatrais, musicais, circenses e sessão de cinema) e Práticas Recreativas de Integração com a Natureza (por meio do incentivo ao reaproveitamento de materiais recicláveis nas estações de confecção de brinquedos com materiais alternativos e estação de criação de instrumentos musicais com materiais reciclados). A coleta de dados se deu através da observação direta das crianças, durante as atividades, com registros em diários de pesquisa, aplicação de questionários de avaliação para pais, análise de material fotográfico e consulta a bibliografia específica. Após análise das informações coletadas durante a pesquisa, pôde-se concluir que, com a qualificação das ações de lazer, enriquecidas por experiências lúdicas, artísticas e sociais vivenciadas pelas crianças, foi possível identificar desenvolvimento de valores educacionais nas relações interpessoais, no cuidado pessoal e com a natureza.
 

Ver Arquivo (PDF)

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.