A Aplicação do Método Kabat e Seus Efeitos na Velocidade e Precisão do Arremesso, em Atletas de Handebol

Por: Thatiana Lacerda Nobre.

81 páginas. 2014 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Introdução: O handebol é uma modalidade esportiva que exige de seus praticantes esforços físicos de alta intensidade e de curta duração, com ênfase nas capacidades motoras de velocidade e força (explosiva e rápida). O arremesso é considerado a habilidade técnica mais importante desta modalidade, porém exige que o atleta o realize este movimento com a máxima velocidade e precisão. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi de avaliar o efeito da aplicação da técnica de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva através do Método Kabat, no desempenho do arremesso em atletas de handebol. Metodologia: Fizeram parte deste estudo 18 atletas entre 13 e 16 anos, do sexo masculino que foram divididos em dois grupos, sete atletas para o grupo controle (GC) e onze para o grupo do método kabat (GK). A pesquisa consistiu em 14 sessões de treinamento e mais duas sessões para avaliações, inicial e final onde foi analisado a Amplitude de Movimento (ADM) da rotação interna e externa do ombro, graduação da força e desequilíbrio muscular através da graduação de Kendall, velocidade em Km/h e precisão do arremesso, através de marcações no gol. Para a análise dos resultados foi utilizado o teste de Kolmogorov –Smirnoff como análise da normalidade dos dados, após utilizou-se o teste t- Student de medidas repetidas para comparar os diferentes momentos da avaliação (inicial e final) e o teste t-Student independente para comparar os dois grupos. Resultados: O GK apresentou um aumento significativo na rotação externa do ombro, quando avaliado a força muscular o GK apresentou aumento significativo em todos os músculos analisados do complexo do ombro. Já o GC também apresentou aumento, porém esta tendência não aconteceu em todos os músculos. Quanto à velocidade, o GC não apresentou mudança nas análises, sendo o valor inicial (64,90 ± 5,14) e final (65,00 ± 7,61), no GK a diferença existiu, melhorando a velocidade, cujo valor da avaliação inicial foi de (61,36 ± 7,15) passando para (64,47 ± 6,09). Os resultados da precisão seguiram esta mesma ordem, sem alteração significante para o GC, com valor inicial de (2,33 ± 1,21) e final (2,83 ± 0,75), mas GK apresentou aumento significativo no número de acertos, com valor inicial de (2,36 ± 1,12) e final de (3,91 ± 1,30). Conclusão: Os atletas que fizeram parte do grupo que recebeu o treinamento com a Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva, através do Método Kabat, apresentaram um aumento significativo no desempenho do arremesso, melhorando a velocidade e precisão do gesto em comparação ao grupo que realizou suas atividades normais de treinamento.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.