A Auto-estima de Nadadoras Masters Idosas: Um Estudo Sob a ótica de Gênero

Por: Ana Patrícia Valença Orlando.

146 páginas. 2005

Send to Kindle


Resumo

o envelhecer há muito é visto pela sociedade como uma fase do ciclo da vida repleta de dificuldades e envolta por muitos sentimentos pejorativos. o que predispõe as pessoas idosas a sofrerem preconceitos. Os idosos sentem-se segregados pela sociedade, apresentam sentimentos de inferioridade e menos valia. culminando, dessa forma. na baixa auto-estima. É importante ressaltar que a questão da auto-estima pode estar diretamente ligada. às relações sociais estabelecidas entre os sexos. visto que a dominação masculina ocorre, muitas vezes, em detrimento da inclusão feminina - o que gera uma desigualdade social. As mulheres que, atualmente, encontram-se na terceira idade viveram em épocas de grande repressão e discriminações sociais. Na perspectiva de desconstrução desse pensamento. surge a necessidade de difundir os estudos de abordagem de gênero que incorporam a mulher à sociedade. A natação master proporciona um ambiente social rico para observarmos as questões de gênero e de autoestima, além de, como qualquer outra atividade fisica, influenciar positivamente os aspectos físicos, social e psicológico. A presente pesquisa teve como problema e objetivo geral estudar de que forma a natação master contribui na desconstrução da identidade social de mulheres idosas nadadoras, melhorando-Ihes a auto-estima. Os objetivos específicos tiveram a intenção de: a) Analisar a construção da identidade social de gênero em idosas atletas na trajetória da natação master, b) Investigar, no ambiente competitivo, mediante discurso das atletas, o nível de satisfàção que a natação master propicia às idosas praticantes. A metodologia de cunho fenomenológico utilizou como estratégia a análise de discurso, através do emprego de entrevista semi-estruturada Participaram da pesquisa 19 nadadoras residentes nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo. Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná, todas filiadas à natação master nas idades entre 65 e 89 anos. Os dados obtidos e analisados nos sinalizam a significativa contribuição da natação master como meio social facilitador da melhora da auto-estima e da desconstrução social, além de ser fundamental para a saúde fisica e emocional das atletas. A natação master. pelo que observamos, auxilia, ainda, para que carências biofísicas, sociais e psicossociais, naturais em idosas, possam ser supridas. O estudo, interpretado pela ótica de gênero, permite concluir que as senhoras participantes da pesquisa contrariam preconceitos e estereótipos a elas estabelecidos pela sociedade.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=2256&listaDetalhes%5B%5D=2256&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.