A Autopercepção de Alunos com Deficiência Intelectual em Diferentes Espaços-tempos da Escola

Por: José Francisco Chicon e Maria das Graças Carvalho Silva Sá.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.35 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Estudo de caso com aproximações etnográficas, objetivando conhecer e analisar a autopercepção de três alunos com deficiência intelectual em diferentes espaços-tempos da escola, com ênfase na Educação Física. Os instrumentos se pautaram nas entrevistas, observações e diário de campo. Os resultados denunciam uma autopercepção negativa dos sujeitos foco, especialmente quando associada aos processos de ensino/aprendizagem vividos nos diferentes espaços-tempos da escola, inclusive na Educação Física. Entretanto, a participação em um projeto intitulado “A Trupe do Palhaço Caramelo” operou positivamente nos modos de simbolização/percepção dos envolvidos, visto que eles saíam da condição de figuração vivida anteriormente para experimentar o protagonismo de suas respectivas histórias de vida.

Endereço: http://rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/1147/842

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.