A Aventura da Corporeidade: Uma Breve e Recente História

Por: João Christofoletti e Silvana Venâncio.

V Encontro de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

No decorrer de nossa história, o homem já possuiu inúmeras formas de se relacionar com a corporeidade. Super valorizando a razão, fracionou-se em alma e corpo, fazendo deste último um instrumento, objeto, mercadoria, entre outras coisas. Hoje, uma nova possibilidade se faz presente, em que o homem deixa de ter um corpo para simplesmente ser; um indivíduo que não é apenas racional, mas também sensível e motor; sendo necessária a valorização de todos esses elementos (e não apenas de um deles), que se manifestam sempre juntos (pois são indissociáveis), para a realização plena do humano no homem. Assim, é preciso uma nova postura consigo mesmo, um resgate do lúdico em todas as esferas da existência: no trabalho, no convívio com o outro... Mas, mais do que um discurso, é necessário um agir. E necessário viver a corporeidade. 

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.