A Cerimônia de Abertura dos Jogos Mundiais Universitários de 1963 em Porto Alegre- Brasil

Por: , , e Vanessa Bellani Lyra.

Arquivos em Movimento - v.11 - n.1 - 2015

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem como objetivo interpretar as práticas e representações culturais produzidas pela cerimônia de abertura dos Jogos Mundiais Universitários de 1963 realizados em Porto Alegre e sua relação com o protocolo de cerimônias de abertura de Jogos Olímpicos. O corpus documental utilizado constitui-se basicamente de reportagens de jornais e pesquisa bibliográfica. A cerimônia de abertura da Universíade foi realizada no dia 31 de agosto, no Estádio Olímpico do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Em comparação ao protocolo olímpico, foram identificados, na cerimônia da U-63, nove elementos semelhantes e a supressão de três elementos – “Discurso do Presidente do Comitê Organizador”, “Juramento dos Árbitros” e “Pombos simbolizando a Paz”. Embora com estes diferenciais, percebeu-se que a cerimônia da U-63 confirmou o grande evento esportivo permitindo que os porto-alegrenses se envolvessem pelo espírito olímpico.

Referências

ABERTURA noturna poderá prejudicar. Folha Esportiva. Porto Alegre, 1963.

ALKEMEYER, T., RICHARTZ, A. The Olympic Games: from ceremony to show. Olympika. v. 2, p.79-89, 1993. Disponível em: < http://library.la84.org/SportsLibrary/Olympika/Olympika_1993/olympika0201f.pdf>. Acesso em: 20 mar.2014.

ALMEIDA, M. Jango: Ausente à Universíade. Última Hora. Porto Alegre, p.3, 1963.

AMANHÃ inauguração da U-63 no estádio Olímpico. Folha Esportiva. Porto Alegre, 1963.

AUGUSTO, L. A grande Universíade. Última Hora. Porto Alegre. p. 21, 1963.

BURKE, P. O que é história cultural? Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

CHARTIER, R. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel/Rio de Janeiro: Bertrand, 2000.

DESFILE brilhante foi marco do grande certame. Folha Esportiva. Porto Alegre, 1963.

GREGSON, S. Narrative, spectacle, performance: a dramaturgical investigation into the relationship between an aesthetic event and the social world in rock and pop culture. Tese (Doutorado em Filosofia). School of Social Sciences & Law, 2005. Disponível em: http://bura.brunel.ac.uk/bitstream/2438/365/5/FullTextThesis.pdf. Acesso em: 20 mar.2014.

HOGAN, J. Staging the Nation: Gendered and Ethnicized Discourses of National Identity in Olympic Opening Ceremonies. In: Journal of Sport and Social Issues. v. 27, maio/2003, p.100-123. Disponível em: http://jss.sagepub.com/content/27/2/100.full.pdf+html. Acesso em: 20 mar.2014.

IDEAL atingido. Folha Esportiva. Porto Alegre, 1963.

INTERNATIONAL Olympic Committee. Olympic Charter. Lausanne: IOC, 2004.

INTERNATIONAL Olympic Committee. Opening ceremony of the Games of the Olympiad. Fact sheet. Lausanne: IOC, 2007.

INTERNATIONAL Olympic Committee. The Olympic Winter Games Fundamentals and Ceremonies for the Media. The Olympic Winter Games In Salt Lake City, v. 19, 2002, Salt Lake City. Report… Lausanne: IOC, 2002. Disponível em:

>. Acesso em: 07 set. 2005.

KOCH, R. Universíade 1963: História e resultados dos Jogos Universitários de Porto Alegre. São Leopoldo: UNISINOS, 2003.

MAZO, J.Z. A emergência e a expansão do associativismo desportivo em Porto Alegre – Brasil (1867-1945): espaço de representações da identidade cultural teuto-brasileira. Tese (Doutorado em Ciências do Desporto). Universidade do Porto. Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física, 2003. Disponível em: < http://hdl.handle.net/10183/18673>. Acesso em: 20 mar.2014.

______. Catálogo do Esporte e da Educação Física na Revista do Globo. Porto Alegre: PUCRS, CD-ROM, 2004.

______. Apontamentos sobre o legado da “Universíade de 63” para Porto Alegre. In: RUBIO, K. (org.). Megaeventos esportivos, legado e responsabilidade social. São Paulo: Casa do Psicólogo, p.89-104, 2007.

MINAYO, C.S. O conceito de representações sociais dentro da sociologia clássica. In: GUARESCHI, P., JOVCHELOVITCH, S. (orgs.). Texto em Representações Sociais. Petrópolis: Vozes, p. 89-111, 1995.

NOGUEIRA, M. Universíade de 63: Reconstrução da memória através da perspectiva dos jornais. Porto Alegre: Suliane Letras & Vida, 2011.

.

PASQUALINI, A. A Vaia Olímpica. Folha da Tarde. Porto Alegre, 1963.

PEREIRA, E.L.; LYRA, V.B.; MAZO, J.Z. Jogos Mundiais Universitários de 1963 no Brasil: representações da Universíade. Biomotriz. v.7, n.1, p. 108-125, julho 2013. Disponível em: < http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/87065/000894912.pdf?sequence=1>. Acesso em: 20 mar.2014.

______. Universíade de 1963: Porto Alegre sedia um evento esportivo mundial. Kinesis. v.30, n.2, p.7-19, jul/dez.2012. Disponível em: < http://cascavel.ufsm.br/revistas/ojs-2.2.2/index.php/kinesis/article/view/8238/4961>. Acesso em: 20 mar.2014.

PESAVENTO, S. História & História Cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

REGIONALISMO e samba. Folha da Tarde. Porto Alegre. p. 26-27, 1963.

ROLIM, L. H. A chama que arde em nossos clubes!: A corrida de revezamento do fogo simbólico da pátria em Porto Alegre (1938-1947). Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano). Porto Alegre. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2008. Disponível em: < http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/13810>. Acesso em: 20 mar.2014.

SANTIAGO, D.P. Jogos Mundiais Universitários de 1963: repercussões no associativismo esportivo da cidade de Porto Alegre/RS. Porto Alegre. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2009. Disponível em: < http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/17569>. Acesso em: 20 mar.2014.

U-63: Apoteose no estádio Olímpico. Jornal do Dia. Porto Alegre, p. 8; 17, 1963.

U-63 FESTA Inesquecível! Folha da Tarde. Porto Alegre. p. 6-7, 1963.

Endereço: https://revista.eefd.ufrj.br/EEFD/article/view/406

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.