A Cidadania Ferida no País da Copa: as Obras Públicas Para os Megaeventos Sob o Sorriso do Lagarto

Por: Daniel Cantanhede Behmoiras, Juarez Oliveira Sampaio e Manoel Montanha Soares.

Motrivivência - v.25 - n.41 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Este artigo procura abordar a realidade complexa que se imiscui na produção de um imaginário cidadão acerca da construção dos mega eventos esportivos no qual o Brasil será sede. Exploraremos a relação que a classe dominante estabelece com o poder público, os seus interesses escusos e promíscuos com o erário público e a forma como esta trata a cidadania. Vende-se um discurso de participação e democracia brindada pelas festividades “populares” da copa do mundo e dos jogos olímpicos. Desta forma, faremos uma análise bibliográfica do cenário que permeia a construção de eventos de tamanha envergadura, em concomitância com a postura da sociedade civil e opinião pública diante da promessa dos legados sociais.
 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/30807

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.