A Cidade, o Futebol e o Trabalho: Memórias do Futebol de Fábrica - São José dos Campos 1920-2010

Por: Zuleika Stefânia Sabino Roque.

2012 25/05/2012

Send to Kindle


Resumo

O objetivo da pesquisa é apresentar uma nova chave para a leitura sobre a história da cidade de SJC, partindo-se do futebol como prática social, que sempre permeou o ambiente de trabalho fabril. Na tentativa de situar o tema dentro de um contexto geral, é possível trazer à tona as especificidades vividas na cidade de SJC, com a instituição da Política Nacional de Educação Física e Desportos e o Plano Nacional de Educação Física e Desportos- PNED. Sabe-se que o esporte foi usado tanto pelo Estado quanto pela empresa. Resta saber, como o trabalhador o significou em seu cotidiano. O futebol torna-se, portanto, ponto de partida para o entendimento das relações de trabalho na cidade e possibilidade de novas interpretações sobre a vida nas fábricas. Desse modo, ampliam-se as formulações teóricas, tendo-se como pano de fundo os projetos governamentais e institucionais vividos de fato pelos trabalhadores. As narrativas sobre o futebol são, por elas mesmas, agenciadoras de subjetividades e reveladoras de aspectos significativos da memória. As “vitórias” e os “empates” narrados por esses trabalhadores extrapolam o jogo do futebol e trata do jogo da vida, dos ressentimentos, das mágoas e das derrotas, dentro das quatro linhas, proporcionando outros olhares sobre a vida na cidade e no trabalho

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.