A Cobertura Esportiva dos Jogos Olímpicos de Londres 2012: a Tematização do Doping no Portal de Notícias G1.

Por: Carlos Henrique de Vasconcellos Ribeiro, e Paulo Rodrigo Pedroso da Silva.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.27 - n.3 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O "doping" no esporte gera questões de interesse constante na mídia, sobretudo durante a realização de Jogos Olímpicos (JO). Especialmente nos casos de "doping" envolvendo os grandes nomes do esporte olímpico internacional, como Ben Johnson nos JO de Seul 1988 e Marion Jones em Sydney 2000, os quais arruinaram suas reputações da noite para o dia. O objetivo deste trabalho é investigar as notícias "online" a respeito de "doping" publicadas durante os Jogos Olímpicos de Londres 2012 (JOL) em um grande portal de notícias brasileiro o G1. Para isto, foi selecionado e classificado o conteúdo de todo o material publicado com as palavras-chave: "doping" e jogos olímpicos de Londres, durante o período de 25 de julho a 13 de agosto de 2012. Verificamos um total de 191 reportagens das quais foram incluídas na análise 145, 54 delas foram encontradas no Extra Online, seguidas de 37 no site do Globo Esporte, 23 no site do G1, 22 no Jornal O Globo e nove na Revista Época. Em cima deste material, uma leitura em profundidade centrada na análise de conteúdo foi realizada. Os resultados desta análise indicaram duas categorias de consenso: a) as desconfianças em torno do desempenho dos atletas; b) as punições destinadas aos atletas com exames positivos. Os conteúdos analisados nesse portal apresentam os atletas com o "doping" positivo como trapaceiros e a Agência Mundial Antidoping (AMA) como uma espécie de polícia internacional que está em permanente guerra contra o "doping". Tal fato parece semelhante com a guerra às drogas, em vigília constante sobre os resultados esportivos individuais dos atletas.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1807-55092013000300010&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.