A Cobertura Jornalística da Cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 e a Repercussão na Rede Social Twitter

Por: , Lyana Virginia Thediga de Miranda, e Rogério Santos Pereira.

Motrivivência - v.27 - n.45 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O presente texto é parte de uma pesquisa coletiva que analisou, de forma comparativa, a cobertura jornalístico-esportiva dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 (JO/2012) entre a Rede Record, detentora brasileira dos direitos de transmissão do evento, e as demais emissoras de TV aberta do país, com o interesse na cerimônia de abertura. Constituíram-se como corpus de análise os conteúdos veiculados, no dia da abertura, nos jornais da Record, da Globo e da Band. A fim de ampliar o conteúdo de comparações, optou-se, ainda, pelo monitoramento de postagens sobre a cerimônia no Twitter. A base teórico-metodológica utilizada foi a Análise de Enquadramento, comum à pesquisa maior. Na discussão, a cerimônia de abertura do megaevento esportivo se apresentou como um produto audiovisual propício ao entrelaçamento de características mercadológicas e interesses midiáticos-esportivos, que se refletiram no posicionamento, na construção do discurso e na veiculação dos conteúdos jornalísticos sobre os JO/2012.

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2015v27n45p154

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.