A Companhia Siderúrgica Nacional (csn) e a Políticas Sociais de Lazer Para os Trabalhadores: os Clubes Sociorrecreativos

Por: Fábio Salgado Araújo.

Licere - v.18 - n.3 - 2015

Send to Kindle


Resumo

O presente artigo busca compreender as políticas sociais de lazer instituídas pela Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) discutindo a influência da empresa sobre o tempo livre de seus trabalhadores. A CSN representava na década de 1940 a construção de um projeto de caráter nacional-desenvolvimentista que procurava criar uma nova concepção de relação entre o Estado e a classe trabalhadora, inclusive no tempo do não trabalho, com a promoção de atividades de lazer. O lazer oferecido e fomentado pela CSN tinha como característica atender, preservar, recuperar e aumentar a capacidade de produzir do trabalhador apresentando características do momento industrial-fordista no Brasil com destaque para as atividades sócio-culturais e esportivos que acontecia principalmente nos clubes sociorrecreativos vinculados a empresa.

Endereço: https://seer.ufmg.br/index.php/licere/article/view/1074

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.