A Compreensão de Professores Sobre o Currículo de Educação Física da Rede Estadual de Ensino de São Paulo em Comparação com a Concepção de Um dos Autores do Currículo

Por: Bruno Ramos dos Santos, Jose Carlos Rodrigues Junior e Kamila Iezzi da Silva.

Conexões - v.12 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Esta pesquisa objetivou analisar a compreensão de professores da rede Estadual de São Paulo sobre o currículo de Educação Física em comparação com a concepção de um dos seus autores. Para isso, utilizou metodologia qualitativa, contou com dois questionários com dez questões discursivas cada. O primeiro foi destinado a um dos autores do Currículo e outro para professores da rede estadual de ensino a fim de realizar o levantamento de dados e comparação entre as respostas do autor e dos professores. A pesquisa foi realizada em cinco escolas da rede estadual de São Paulo localizadas na zona sul da cidade de São Paulo e teve a participação de dez professores. Os professores revelaram dificuldades em lidar com o currículo, principalmente o que concerne à diversidade de conteúdos que admitiram não ter conhecimento suficiente. Quase a totalidade dos docentes não compreendeu os elementos conceituais centrais do currículo. Demonstraram resistência àquilo que é proposto como conteúdos, mas ao mesmo tempo reconheceram o valor e a importância do currículo. Relataram ainda a grande resistência dos alunos à diversidade de propostas de trabalho alegando como fator principal para a dificuldade a falta de interesse deles, a precária estrutura e falta de material pedagógico.

Endereço: http://conexoes.fef.unicamp.br/ojs/index.php/fef/article/view/1015

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.