A Comunicação nas Aulas de Educação Física: Um Estudo com Portadores de Deficiência

Por: Luciana Erina Palma e .

XXIV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

Analisou-se o processo comunicativo entre professor-aluno-aluno-professor em aulas do Projeto "Atividades Lúdicas e Esportes Adaptados", CEFD/UFSM. Compôs a amostra: portadores de deficiência (PD), professores de Ed.Física e acadêmicos do curso de Ed.Física/UFSM. Na metodologia observou-se: aulas do projeto; entrevistou-se professores e acadêmicos de Ed.Física que nele atuavam; comparou-se as aulas com as entrevistas. Concluiu-se: professores/acadêmicos utilizavam nas aulas a comunicação não-verbal como demonstração das atividades, atribuíram relevância à comunicação como transmissão de conteúdo, consideraram o professor de Ed.Física um comunicador. Os alunos utilizavam a comunicação verbal/não-verbal para interagirem no grupo. As formas de comunicação utilizadas em aulas para PD são iguais para ditos normais. A comunicação faz a diferença em aulas de Ed.Física, pois nelas se utiliza o movimento corporal como comunicação e expressão.

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2001/arquivos/intercom.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.