A Constituição da Educação Física Baiana na Década de 1950 e 1970

Por: .

XV Congresso de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo é referente a minha pesquisa de doutorado que encontra-se em andamento. Tomamos como início da discussão do presente estudo, a Escola Nacional de Educação Física e Desportos (ENEFD) por ser a primeira escola brasileira de Educação Física ligada a uma Universidade – a Universidade do Brasil (UB).  As primeiras Universidades e os primeiros cursos de Educação Física no país seguiam um padrão estabelecido pela ENEFD. Discutimos a partir da ideia de que a criação de cursos superiores em Educação Física não apenas modifica a formação e qualificação profissional, como impacta no desenvolvimento e descrição do próprio campo da Educação Física à época. Na Bahia a criação do primeiro curso superior em Educação Física só aconteceu em 1972 na Universidade Católica do Salvador (UCSal). Nessa conjuntura, partimos da hipótese que a formação em Educação Física na Bahia, com o advento da primeira escola baiana de formação (UCSal), possibilitou um novo cenário para a Educação Física local, ampliando as possibilidades de intervenção no âmbito formal e não-formal.  Assim, buscamos dar conta, desse (re) viver dos caminhos trilhados no estado da Bahia - através do acesso a diversas fontes de pesquisa - que a partir de um modelo previsto nacional, definiu e montou currículos cujos resultados no fazer pedagógico tornaram o campo de formação uma teia de possibilidades, mas, também, de desencontros. Apesar da reconhecida importância estudos históricos sobre a Educação Física brasileira, há quase uma inexistência de produções que se debrucem sobre a história da Educação Física enquanto campo de formação na Bahia, justificando a importância deste estudo para área. No que diz respeito aos aspectos metodológicos, esta pesquisa está centrada na História Social. Nosso olhar vai caminhar sobre a prática de um grupo social específico – os alunos formados na primeira turma de estudantes da Universidade Católica do Salvador. No que diz respeito às fontes a serem utilizadas, contamos com produções bibliográficas, livros, revistas, periódicos e demais produções literárias, ou mesmo, a busca por impressos, documentos e jornais de época, a opção feita pelo Jornal A Tarde, foi por se constituir como o maior e mais importante jornal na região Nordeste. Este jornal e demais impressos serão acessados na biblioteca pública do estado da Bahia, Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, acervo da Biblioteca Nacional e no acervo Inezil Penna Marinho. A partir das análises de algumas informações iniciais encontradas nas fontes, apontamos para a uma relação de encontros e desencontros entre a criação do primeiro curso superior de Educação Física na UCSal e o próprio desenvolvimento e características da Educação Física baiana.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.