A Construção de Identidades Corporais Alternativas nos Limites de Um Projeto Educativo Hegemônico

Por: Alejandra Ruiz Mariel.

Movimento - v.17 - n.4 - 2011

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa teve a intenção de conhecer a contribuição da educação física na construção de identidades corporais da infância no contexto europeu atual. Desde o enfoque socioconstrutivista, (Gergen,  1992; Giddens, 1995; Castells, 2000; Hernández, 2000; Braidotti, 2000; Butler, 2003, dentre outros). A metodologia construtivista (Guba; Lincoln, 1994) e o estudo etnográfico (DENZIN, 1997) se reflete na construção de identidades corporais alternativas, nos limites de um projeto educativo hegemônico, que questionam as formas tradicionais do saber e anunciam a urgencia de um sujeito corporal político que merece uma nova articulação pedagógica.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/22840

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.