A Contribuição da Educação Física na área da Deficiência Visual

Por: Gisele Maria Rodrigues Machado, Renato Siqueira Rochelort e Rosane Voigt Borchhardt.

IX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo tem como objetivo identificar o relacionamento do estudo da Educação Física e sua real contribuição para o portador de deficiência visual, fazendo assim uma análise crítico-social, descrevendo e opinando sobre a realidade encontrada e o papel deste profissional nesta área. A população deste estudo é composta por crianças portadoras de deficiência visual total ou parcial, que participam do atendimento em estimulação precoce da Escola Especial Luis Braille, onde a idade é bastante heterogênea variando de 03 a 10 anos. Nosso trabalho começou com o intuito de amenizar as dificuldades como ação, criação e expressão constatadas na realidade de cada aluno, buscando propiciar a estes a construção da existência do seu "eu" corporal, do outro, do objeto, da afetividade, do brinquedo, da expressão e da socialização, ou seja, desenvolver suas potencialidades para que possam interagir com o meio de forma prazerosa, significativa e segura. Realizamos observações de campo com o objetivo de nos auto-familiarizar com o novo ambiente, passando em seguida a desenvolver nosso trabalho que se deu basicamente através do vínculo afetivo criado entre professor e aluno, como também por meio das rotinas de atividades propostas pelos mesmos, onde o professor de maneira mediadora modificava a sua conduta, respeitando as características do aluno. 

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.