A Copa do Mundo de 1938: Nacionalismo e a Identidade Nacional Brasileira em Campo

Por: Paulo Henrique do Nascimento.

Histórica - Revista Eletrônica do Arquivo Público do Estado de São Paulo, - v.4 - n.30 - 2008

Send to Kindle


Resumo

Uma das principais características da política governamental de Getúlio Vargas, no tocante à cultura, foi atrelar elementos de uma crescente cultura popular a idéias como “nação”, “cidadania” e “brasilidade”. A Copa do Mundo de futebol, realizada em 1938 na França, foi o primeiro grande momento de entusiasmo do brasileiro com o futebol, podendo ser considerada emblemática na medida em que representou o sucesso por parte da política governamental do Estado Novo em associar elementos da cultura tida como “popular” no Brasil – e o futebol era um desses elementos – ao que de mais íntimo e peculiar haveria na “brasilidade” pensada à época. Palavras-chave: nacionalismo, identidade nacional, Era Vargas, futebol, cultura de massa. 

Endereço: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/site/publicacoes/revista_historica

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.