A Copa do Mundo é Sempre Nossa - a Desvalorização do Elemento Estrangeiro e a Afirmação da Brasilidade Por Meio dos Cronistas de Futebol

Por: José Carlos Marques.

XXIX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

Mesmo após o fim do Período Colonial, o Brasil permaneceu refém das influências estrangeiras por força das imigrações do século XX e da constante dependência de mercados externos. Considerada uma nação periférica no que diz respeito a desenvolvimento social e econômico, o Brasil parece reencontrar sua auto-estima por meio do futebol, esporte em que mantém supremacia mundial. Este trabalho, a partir da análise de tex-tos de cronistas brasileiros publicados nas últimas Copas do Mundo, procura mostrar como a imprensa nacional reforça a noção de brasilidade em detrimento do elemento estrangeiro.

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2006/index.htm

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.