A Crise da Educação Física nos Anos 1980 e os Manifestos da Sociologia Pública

Por: e .

Recorde: Revista de História do Esporte - v.9 - n.2 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A partir do diálogo com a Sociologia Pública indagamos qual manifesto exprime, na Educação Física, a pretensão de conclamar a área ao engajamento, tornando a cultura corporal um conhecimento acessível a todos. Nesse sentido, identificamos na obra “A Educação Física cuida do corpo... e ‘mente’: bases para a renovação e transformação da educação física”, de autoria de João Paulo Subirá Medina, a referência intelectual na qual podemos pensar similaridades e complementaridades com o manifesto de Burawoy e com as Cartas Brasileiras da Educação Física. A área tem seus manifestos críticos, que denotam preocupação social, e fazem rediscutir problemas ainda não solucionados.

Endereço: https://revistas.ufrj.br/index.php/Recorde/article/view/5273

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.