A Crônica de Tostão: Fragmentos da Relação Entre Futebol e Cultura

Por: André Luis Reis Fernandes.

Anais Abralic Internacional - v.2 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O trabalho a seguir tem como objetivo analisar alguns aspectos da crônica do ex-jogador Tostão, a qual levanta pontos interessantes para a compreensão da relação entre futebol e cultura. Para José Miguel Wisnikii, a maioria das análises sobre o jogo analisam elementos que o circundam , sem se dedicar à interpretação de elementos que partem da própria narrativa do esporte. Tais interpretações, no debate brasileiro, estão sujeitas à constante disputa para a delimitação de um ponto de vista preponderante, no qual conflitam, de acordo com Luiz Henrique Toledoiii, as visões dos torcedores, dos profissionais e da crônica especializada. Tostão se insere nesse debate por tentar conciliar a perspectiva técnica e tática com os elementos culturais que compõem o esporte bretão. Isso ficará evidente nesse trabalho, que buscará análisar os textos “Especialistas do óbvio (2007)”, “O mundo ideal e o real”(2009) e “Espaço e Movimento”(2013),
publicados na Folha de São Paulo.

Endereço: Completo_Comunicacao_oral_idinscrito_807_fb1598768da6beccc1a0a3a84f094b43.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.