A Dança Popular nas Comunidades de Bairro: Conhecendo a Arte Dançante em Campina Grande-pb

Por: Samara Queiroz do Nascimento.

58 Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


INTRODUÇÃO:

A dança popular é um conhecimento produzido historicamente pelo Ser humano que reflete especialmente o seu cotidiano, suas tradições e inspirações. Ela traz em si a linguagem poética de um povo que retrata o seu mundo vivido. A dança popular é um conhecimento original e coletivo de um povo; obra anônima que revela o ambiente cultural, a peculiaridade e a expressão essencial de determinada comunidade (CASCUDO, 2001; ROBATTO, 2002; AQUINO, 2003). Campina Grande é a cidade paraibana que mais cresce no interior nordestino, sendo reconhecida nacional e internacionalmente como um pólo tecnológico e cultural. No período junino, muitos grupos de dança, surgidos nos bairros, apresentam principalmente suas quadrilhas juninas. Mas, será que as comunidades de bairro vivenciam unicamente as quadrilhas? Os objetivos do estudo foram: 1) identificar e mapear as manifestações de dança popular e sua vivência nas comunidades de bairro da cidade de Campina Grande; 2) compreender o sentido/significado da expressão artística para as comunidades que desenvolveram e/ou desenvolvem um trabalho voltado para a dança popular. Dessa forma, a pesquisa assumiu a necessidade de conhecer a história cultural dessa cidade no que se refere à dança popular, na tentativa de conhecer sua essência poética, pessoas e momentos relevantes. A pesquisa transformou-se ainda num importante acervo didático para a Educação Física e Artes, especialmente, pelo trato pedagógico da dança no espaço escolar.


 METODOLOGIA:

A pesquisa é de natureza qualitativa e caracteriza-se como pesquisa documental. O grupo investigado foi constituído por 15 comunidades associadas à União Campinense das Equipes Sociais (UCES), que desenvolveram e/ou desenvolvem ações voltadas para a dança popular. Os instrumentos para a coleta de dados foram as fontes não-escritas (fotografia e filmagens) e a entrevista semi-estruturada. Durante a coleta foi solicitada a autorização dos participantes para divulgação dos dados e para reprodução dos documentos originais obtidos. A coleta de dados iniciou com um levantamento junto a Prefeitura Municipal de Campina Grande buscando identificar os bairros que integrariam a pesquisa. Logo após, foi organizado um cronograma de visita aos bairros de acordo com os dias e horários convenientes aos entrevistados. Após a obtenção dos documentos, criou-se um catálogo documental constatando as imagens, por ordem alfabética, das danças populares encontradas nos bairros. O processo de interpretação dos dados foi fundamentado na hermenêutica, em Paul Ricœur. Inicialmente, as entrevistas foram transcritas de forma literal. Depois foram identificadas as referências ostensivas e não-ostensivas, que revelaram as seguintes categorias interpretativas: 1) a pluralidade da dança popular; 2) o surgimento da dança popular; 3) o sentido/significado da dança popular; 4) as políticas públicas em cultura popular.


 RESULTADOS:

A partir da coleta de dados com a estatística descritiva foram obtidos os seguintes resultados: 1) o cenário da dança popular em Campina Grande é traçado pela vivência das comunidades de bairro com o forró, xote, xaxado, samba, bumba-meu-boi, dança da peneira e danças de tribos de índio, sendo a quadrilha a mais citada num percentual de 40,9%; 2) o surgimento das manifestações de dança popular foi desencadeado por três aspectos: 25% pela vivência com as festas de rua, a exemplo o carnaval; 62,5% pelo incentivo da comunidade em mostrar a dança nas dimensões social e de lazer; 12,5% pela necessidade de preservação cultural; 3) o sentido/significado da dança popular para as comunidades de bairro são: o papel sócio-educativo (33,3%) da dança pela possibilidade de incentivar crianças e adolescentes para uma nova visão de mundo; o resgate cultural (27,9%) dada a necessidade de valorização da cultura local; a vivência do lazer (38,8%), em que a dança revela-se como um atrativo cultural, uma outra opção de diversão para os moradores do bairro; 4) são pequenos os incentivos financeiros e apoios dedicados à dança popular por parte do poder público: 50% das comunidades recebem apoio; 10% apoio parcial e 40% não recebem nenhum apoio. As quadrilhas são privilegiadas, obtendo incentivos financeiros do poder público. Percebe-se o interesse dos governantes nessa dança popular, uma vez que, ela torna-se cartão postal para divulgar e vender o São João em Campina Grande e no Brasil.

CONCLUSÕES:


Nas comunidades de bairro de Campina Grande há uma diversidade de manifestações de danças populares, muito embora sua vivência seja pouco incentivada por parte do poder público. As danças populares são criadas por pessoas comuns que se transformam em artistas apaixonados pela arte, pela cultura viva dos carnavais, do São João, da folia do boi, das tribos de índio. São elas que incentivam e mostram à população campinense a sua cultura, que investem, ajudam e contribuem para a permanência das danças populares no âmbito da cultura local, em meio a grandes dificuldades, tornando visível a concentração de esforços para construir a arte dançante.

Necessita-se que seja valorizada a arte dançante em Campina Grande, pois esta se revela com forte significância no cenário da arte e da cultura, mostrando seu sentido/significado sócio-educativo, cultural e lúdico. Percebe-se que a dança popular permite a comunicação e a expressão de seus costumes e alegrias, além da diversão e prazer para crianças, adolescentes, adultos e idosos. Portanto, a dança popular é arte que expressa diversas culturas, e possibilita o entendimento sobre as diferentes linguagens existentes na arte popular. O estudo sugere que outras pesquisas no campo da cultura e da dança popular sejam desenvolvidas, principalmente no âmbito das políticas públicas identificando as lacunas e as fragilidades sócio-econômicas das comunidades de bairro para fortalecer o patrimônio cultural do Estado da Paraíba e do Brasil.

Tags: , ,

O que são tags? Tags são palavras-chave (relevantes) usadas, no CEV, para classificar um determinado conteúdo.
Que tal sugerir uma?

Comentários


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.