A Desportivização das Políticas Sociais Para a Juventude: Discursos Salvacionistas e Práticas Compensatórias

Por: Anelise Lopes Rodrigues.

155 páginas. 2008 12/03/2008

Send to Kindle


Resumo

Este estudo busca discutir e problematizar as possibilidades de utilização do esporte no contexto das políticas sociais para a juventude no Brasil. Com base na estratégia metodológica da análise discursiva, articula-se uma compreensão acerca dos diferentes usos e significações atribuídos ao esporte no âmbito dos chamados projetos sociais, buscando compreender como esta discursividade e as práticas a ela associadas implicam na produção de modos de existência dos jovens usuários destes projetos. O corpus de análise foi composto por discursos veiculados pela mídia eletrônica de um projeto social esportivo, de uma emissora de televisão e por fragmentos de texto de um documento oficial de domínio público – o relatório das Nações Unidas (ONU) “Esporte para o Desenvolvimento e a Paz: em direção à realização das metas de desenvolvimento do Milênio”. A fim de proceder às análises, o estudo se apoiou numa perspectiva social e historiográfica, fundamentando-se teórica e metodologicamente em pensadores como Michel Foucault e Walter Benjamin. Propõe, ainda a interlocução transdisciplinar com autores contemporâneos como Marilena Chauí, da filosofia; Valter Bracht, da sociologia; Alba Zaluar, da antropologia; Kátia Rúbio, da psicologia; Rosa Fischer, da educação; entre outros.

Endereço: http://meriva.pucrs.br/dspace/handle/10923/4865

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.