A Dinâmica Cultural de Dez Anos da Prática de Esportes Gerontológicos Por Acadêmicos da 3ª Idade Adulta da Ufam

Por: Sheila Moura do Amaral.

145 páginas. 2008 30/10/2008

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo objetivou investigar sobre o fenômeno da “Dinâmica cultural de 10 anos da prática dos esportes gerontológicos de acadêmicos da 3ª Idade Adulta – UFAM. De modo mais específico procurou demonstrar como os Esportes gerontológicos interferiram em aspectos da dinâmica cultural na vida destes acadêmicos, distinguindo sistematicamente a tendência cultural destes esportes para os pesquisados, e identificando através de familiares e professores, as bases sócio-culturais, em que transcorreu o processo dos esportes gerontológicos no cotidiano destes sujeitos. Com base nos objetivos, optamos por uma pesquisa de campo utilizando a abordagem qualitativa e quantitativa, através de um estudo de caso por ter abordado um grupo isolado. A amostra do estudo contou com 30 sujeitos: 12 acadêmicos da 3a idade adulta, da UFAM, denominados gerontoatletas com idade entre 57 e 76 anos, oito familiares destes sujeitos e 10 professores que atuam ou atuaram no Programa. A técnic a principal utilizada foi à análise de conteúdo de Bardin (2004). Para a coleta de dados com gerontes utilizamos um roteiro de entrevista semi -estruturada com cinco questões norteadoras. Já abordagem com os familiares e professores, o instrumento utilizado foram dois questionários distintos, ambos, com quatro perguntas de características abertas e fechadas. Para análise deste instrumento utilizamos a estatística descritiva. Os resultados apontaram para várias interferências dos esportes gerontológicos no cotidiano dos pesquisados, aparecendo como dinamizador dos aspectos sociais, culturais físicos e educacionais. Verificamos também que as bases sócio-culturais em que transcorreram os esportes, podem manifestar -se como competição, brincadeira ou lazer, representando também superação de limites. Os familiares (100%) afirmaram ser importante a participação dos idosos nos esportes, observando mudanças no convívio social, melhora na saúde e uma crescente constituição de laços de amizade. As professoras confirmaram (100%) Mudanças significativas no comportamento sócio -cultural dos idosos, e destacaram que o sentido dos jogos, para eles, é de competição e de realização pessoal. D iante dos resultados obtidos, evidenciamos que a Prática dos Esportes Gerontológicos por acadêmicos do Programa Idoso Feliz Participa Sempre da 3ª Idade Adulta da UFAM - (PIFPS-U3IA), influenciou diretamente para mudanças na dinâmica cultural da vida de uma parcela de idosos da cidade de Manaus, apontando claramente para os benefícios sociais e culturais que programas voltados para prática de esportes gerontológicos podem proporcionar as pessoas em fase de envelhecimento.

Endereço: http://tede.ufam.edu.br/handle/tede/4204

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.