A Divulgação Científica no Fórum Internacional de Ginástica Para Todos

Por: , Fernanda Raffi Menegaldo e .

Conexões - v.16 - n.4 - 2018

Send to Kindle


Resumo

Este estudo tem como objetivo apresentar os enfoques e lacunas nacionais na pesquisa em Ginástica Para Todos (GPT). Para tanto, nesta pesquisa de caráter bibliográfico e descritivo analisamos os Anais do maior evento científico de GPT do Brasil, o Fórum Internacional de Ginástica Para Todos (FIGPT) (2001-2016), evento que congrega bianualmente pesquisadores de diversas partes do Brasil. A análise foi realizada utilizando a técnica de análise de conteúdo de Bardin (2011), mais especificamente a análise temática. Os resultados apontaram para uma tendência pedagógica nas pesquisas brasileiras acerca da GPT. Outro ponto relevante que se destaca é o crescente número de publicações advindos da região Nordeste, bem como a participação de todas as regiões do país no evento ao longo dos anos. Este fato pode representar uma convergência nacional para a participação no evento, caracterizando o FIGPT como importante espaço de formação, troca intelectual e cultural da Ginástica no Brasil, onde professores e treinadores têm oportunidades de aprendizados mediados e não mediados (informais). Ressaltamos, portanto, a importância deste evento como espaço de formação e de compartilhamento, sua diversidade de temáticas abordadas e capacidade de se reinventar ao longo das edições, criando uma verdadeira rede de pesquisadores interessados em GPT.

Referências

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 1., 2001, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2001. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 2., 2003, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2003. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 3., 2005, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2005. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 4., 2007, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2007. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 5., 2010, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2010. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 6., 2012, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2012. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 7., 2014. Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2014. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

FÓRUM INTERNACIONAL DE GINÁSTICA GERAL, 8., 2016, Campinas. Anais... Campinas, FEF/UNICAMP, 2016. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/anais.

ALMEIDA, Tabata Larissa. Composição coreográfica coletiva e tematização como estratégias pedagógicas para o ensino/aprendizagem da acrobacia coletiva. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 2016.

ASSUMPÇÃO, Bianca; TOLEDO, Eliana de. A ginástica no terceiro setor: Um estudo de caso da REMS (Rede Esporte pela Mudança Social). Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 31, p. 29-40, 2017. Disponível em: https://issuu.com/rbefe/docs/anais_v_sigarc_2017.

AYOUB, Eliana. A ginastica geral na sociedade contemporânea: perspectivas para a Educação Física escolar. 1998. 187f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas. 1998.

AYOUB, Eliana. Ginástica Geral e Educação Física Escolar. Campinas: Ed. da Unicamp, 2013.

BAHU, Ligia Zagorac; CARBINATTO, Michele Viviene. Extensão universitária e Ginástica para Todos: contribuições à formação profissional. Conexões, Campinas, v. 14, n. 3, p. 46-70, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8648059.

BARDIN, Laurece. Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Lá lógica pedagógica de la Gimnasia: entre la ciencia y el arte. Acción Motriz, n. 9, p. 48-61. 2012. Disponível em: https://mdc.ulpgc.es/cdm/ref/collection/amotriz/id/84.

BRACHT, Valter. Sociologia Crítica do Esporte: uma introdução. Ijuí: Unijui, 2005.

CARBINATTO, Michele Viviene et al. Campos de atuação em ginástica: estado da arte nos periódicos brasileiros. Movimento, Porto Alegre, v. 22, n. 3, p. 917-928, 2016. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/61648.

CARVALHO, Kássia Mitally da Costa. et al. A história da Ginástica Para Todos no Ceará. Conexões, Campinas, v. 14, n. 4, p. 3-24, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8648068.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do Ensino de Educação Física. São Paulo: Cortez, 1992.

DI BITETTI, Mario S.; FERRERAS, Julián A. Publish (in English) or perish: The effect on citation rate of using languages other than English in scientific publications. Ambio, v.46, n.1, p. 121-127, 2017. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs13280-016-0820-7.

ELIAS, Norbert; DUNNING, Eric. A busca da excitação. Lisboa: Difel, 1992.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisas denominadas "estado da arte". Educação & Sociedade, Campinas, v. 23, n.79, p. 257-272, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf.

FIG – FEDERAÇÃO INTERNACIONAL DE GINÁSTICA. General Gymnastics. Suíça, 2006.

FIGPT. Fórum Internacional de Ginástica Para Todos. 2018. Disponível em: http://www.forumgpt.com/2018/. Acesso em: 14 out. 2018

GRANER, Larissa; PAOLIELLO, Elizabeth; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho. Grupo Ginástico Unicamp: potencializando as ações humanas. In: BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; PAOLIELLO, Elizabeth. Ginástica para Todos: um encontro com a coletividade. Campinas: Editora da Unicamp, 2017.

HARTMANN-TEWS, Ilse. Sport for All: system and policy. In: NAUL, Roland; HARDMAN, Ken. Sport and Physical Education in Germany. Routlegde: New York, 2002.

LELES, Maria Teodoro et al. Ginástica para Todos na extensão universitária: o exercício da prática docente. Conexões, Campinas, v. 14, n. 3, p. 23-45, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8648060.

LIMA, Letícia Bartholomeu de Queiroz. Representatividade da Ginástica Artística Feminina Paulista no Cenário Brasileiro (2011-2014). 2016. 146 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Biociências do Campus de Rio Claro, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Rio Claro, 2016.

LIMA, Letícia Bartholomeu de Queiroz et al. A produção acadêmica em Ginástica na Pós-Graduação em Educação Física das Universidades Estaduais de São Paulo. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 24, n. 1, p. 52-68, 2016. Disponível em: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/6007.

LIMA, Graciano Joan Xavier; LEMOS, Natália Batista Albuquerque Goulart. Ginástica para Todos na terceira idade: um relato de experiência na cidade de Petrolina-PE. Extramuros: Revista de Extensão da UNIVASF, v. 4, n. 1, 2016. Disponível em: www.periodicos2.univasf.edu.br/index.php/extramuros/article/download/863/554.

LOPES, Priscila Lopes et al. Ginástica para Todos e literatura: realidade, possibilidades e criação. Conexões, Campinas, v. 13, n. especial, p. 127-146, 2015. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637581.

MAROUN, Kalyla. Ginástica Geral e Educação Física Escolar: uma possibilidade de intervenção pautada na diversidade cultural. Revista Contemporânea de Educação, v. 10, n. 19, 2015. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/rce/article/view/1928.

MENEGALDO, Fernanda Raffi. Ginástica para Todos: por uma noção de coletividade. 2018. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2018.

MILANI, Camila Sanchez; SOARES, Daniela Bento; BORTOLETO, Marco Antônio Coelho. Ginástica: a produção dos estudantes de graduação e especialização da Faculdade de Educação Física da Unicamp 1985-2014. Coleção Pesquisa em Educação Física, Jundiaí, v. 14, p. 132-142, 2015. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/302354093_GINASTICA_A_PRODUCAO_DOS_ESTUDANTES_DE_GRADUACAO_E_ESPECIALIZACAO_DA_FACULDADE_DE_EDUCACAO_FISICA_DA_UNICAMP_1985-2014_GYMNASTICS_THE_ACADEMY_PRODUCTION_MADE_BY_UNDERGRADUATE_AND_SPECIALIZATION_STUDEN.

MURBACH, Marina Aggio. Os conteúdos ginásticos do currículo do estado de São Paulo: aplicação, análise e possibilidade. 2017. 136 f. Tese (Doutorado) – Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita, Rio Claro, 2017. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/150169/murbach_ma_me_rcla.pdf;jsessionid=4F96059E03146DAE491C94BD2466F215?sequence=3.

MURBACH, Marina Aggio et al. Grupo Ginástico UNESP: contribuições da “Ginástica para Todos” na formação de seus participantes. Conexões, Campinas, v. 14, n. 3, p. 71-88, 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8648024.

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz de Oliveira. Ginástica para Todos: perspectivas no contexto do lazer. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 6, n. 1, p. 27-35, 2007. Disponível em: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/1280.

OLIVEIRA, Mauricio dos Santos de. O panorama da Ginástica Artística masculina brasileira: Um estudo histórico-crítico do período 2005-2008. 2010. 270 f. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010.

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz; LOURDES, Luis Fernando Costa. Ginástica geral na escola: uma proposta metodológica. Pensar a Prática, v. 7, n. 2, p. 221-230, 2004. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/97/2352.

OLIVEIRA, Nara Rejane Cruz de Oliveira; STADNIK, Adriana Maria Wan. Grandes eventos esportivos: um olhar sobre o contexto europeu e o seu movimento de esporte para todos na atualidade. Motrivivência, n. 27, p. 19-32, 2006. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2259.

PAOLIELLO, Elizabeth et al. Grupo Ginástico Unicamp: 25 anos. Campinas: Unicamp, 2014.

PATRÍCIO, Tamiris Lima; BORTOLETO, Marco Antonio Coelho; CARBINATTO, Michele Viviene. Festivais de ginástica no mundo e no Brasil: reflexões gerais. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 30, n. 1, p. 199-216, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbefe/v30n1/1807-5509-rbefe-30-1-0199.pdf.

PÉREZ GALLARDO, Jorge, SOUZA, Elizabeth Paoliello Machado. La experiencia del Grupo Ginástico Unicamp en Dinamarca. In: CONGRESSO LATINO AMERICANOICHPER- SD, 3, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: ICHPER-SD, 1995, p. 292-298.

QUITZAU, Evelise Amgarten. Da “Ginástica para a juventude” a “A Ginástica alemã”: observações acerca dos primeiros manuais alemães de ginástica. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Brasília, v. 37, n. 2, p. 111-118, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbce/v37n2/0101-3289-rbce-37-02-0111.pdf.

RINALDI, Ieda Parra. A ginástica como área de conhecimento na formação profissional em Educação Física: encaminhamentos para uma estruturação curricular. 2005. 232 f. Tese (Doutorado em Educação Física) - Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

SANT’ANNA, Denise Bernuzzi de. Corpos de passagem: ensaios sobre a subjetividade contemporânea. São Paulo: Estação Liberdade, 2001.

SARGI, Andrey Amorim. et al. A Ginástica para Todos na formação profissional em educação física: contribuições a partir da extensão universitária. Corpoconsciência, v. 19, n. 03, p. 11-21, 2015. Disponível em: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/4039.

SILVA, Ana Márcia; DAMIANI, Iara Regina. As práticas corporais em foco: a análise da experiência em questão. In: SILVA, Ana Márcia; DAMIANI, Iara Regina. Práticas Corporais: experiências em Educação Física para uma Formação Humana. Florianópolis: Nauemblu Ciência & Arte, 2005, p. 187-207.

SOARES, Carmen Lúcia. Imagens da educação no corpo: estudo a partir da ginástica francesa no século XIX. Campinas: Papirus, 1998.

SOARES, Carmen Lúcia; MORENO, Andrea. Dossiê – Práticas e prescrições sobre o corpo: a dimensão educativa dos métodos ginásticos europeus. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Brasília, v. 37, n. 2, p.108-110, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbce/v37n2/0101-3289-rbce-37-02-0108.pdf.

SOUZA, Elizabeth Paoliello. Ginástica Geral: uma área do conhecimento da Física. 1997. 163 f. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1997.

STIGGER, Marco Paulo. Educação física, esporte e diversidade. Campinas: Autores Associados, 2005.

TOLEDO, Eliana. A legitimação da ginástica de academia na modernidade: um estudo da década de 1980. 2010. 257 f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2010.

VIGARELLO, Georges. A invenção da Ginástica no século XIX: movimentos novos, corpos novos. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 25, n. 1, p. 9-20, 2003. Disponível em: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/170.

Endereço: https://doi.org/10.20396/conex.v16i4.8654009

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.