A Economia Política do Futebol e o Lugar do Brasil no Mercado-mundo da Bola

Por: .

510 páginas. 2018 14/12/2018

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisa o processo de produção capitalista do Futebol de Espetáculo e lugar do do Brasil no mercado-mundo da bola. O trabalho busca contribuir com o entendimento do que é o Futebol de Espetáculo no contexto contemporâneo de transformações econômicas, políticas e culturais do modo de produção capitalista e sobre o papel exercido pelo Brasil na relação centro e periferia do mercado do espetáculo futebolístico e da Força Esportiva. Para tanto, realizou-se revisão de literatura e pesquisa documental. Nesse sentido, as discussões realizadas nos primeiros capítulos apresentam o processo de produção, circulação e consumo do Futebol de Espetáculo e da Força Esportiva, bem como as transformações nos diferentes complexos da vida humana e o processo de estruturação e organização do futebol à sua forma mercantil. Na sequência é exposto as tendências e contratendências da subsunção real do futebol, os aspectos relacionados a microeconomia dos clubes globais, a importância deste fenômeno para as economias do centro e da periferia do capitalismo e o papel exercido pela mídia, pelos grupos econômicos e pelo capital especulativo parasitário, pelos torcedores/clientes e a configuração do mercado internacional de Força Esportiva. Por fim, dedicamos a refletir sobre o desenvolvimento do futebol no Brasil, nas suas diferentes fases, apresentando uma radiografia da situação atual do mercado brasileiro. Registra-se que as análises realizadas nesta investigação demonstram o circuito do valor no processo de constituição do Futebol de Espetáculo e da Força Esportiva, a expansão e subsunção real do futebol, as consequências da mercantilização dos clubes nos países centrais, tendo um cenário de concentração de receitas, Força Esportiva e títulos, bem como de internacionalização dos clubes e de endividamento, déficits e com poucos clubes com superávits, seja no centro ou na periferia. Além disso, demonstra-se que, no cenário de mundialização do Futebol de Espetáculo, o Brasil ocupa um papel secundário de fornecimento de Força Esportiva e de consumo do espetáculo produzido pelos clubes globais das ligas dos países centrais.

Endereço: http://repositorio.unb.br/handle/10482/34920

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.