A Educação do Corpo na Escola-parque de Brasília

Por: Geusiane Miranda de Oliveira Tocantins.

XIV Congresso de História do Esporte, do Lazer e da Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

A ESCOLA-PARQUE O trabalho aborda o sistema escolar público de Brasília, enfocando o período em que foi originalmente implantado, em 1960. Trata-se de uma rede de ensino inovadora idealizada pelo eminente Anísio Teixeira. Esse foi, por sua vez, aluno de John Dewey, em fins da década de 1920, na Universidade de Columbia, em New York. A partir desse contato, Anísio Teixeira se apropriou da filosofia pragmatista, que forneceu as bases filosóficas para a elaboração do Plano de Construções Escolares de Brasília, em fins da década de 1950. (PEREIRA et al., 2011). O programa foi estruturado em três grandes níveis: educação primária, educação média e educação superior. A educação primária seria oferecida em Centros de Educação Elementar, cada um formado por Jardins de Infância, Escolas-Classe e Escolas-Parque. A educação intelectual sistemática e tradicional de estudantes entre 7 e 14 anos caberia às Escolas-Classe. Visando completar a tarefa destas, seria construída, para cada grupo de quatro Escolas-Classe, uma Escola-Parque, com a finalidade de promover o desenvolvimento artístico, físico e recreativo da criança e ainda sua iniciação no trabalho (TEIXEIRA, 1961). O objetivo do trabalho é analisar atividades presentes no currículo original da Escola-Parque 307/308 Sul, a pioneira, dando ênfase ao exame da educação do corpo por ela promovida. Privilegiou-se como referência teórico-metodológica a história cultural, enfocando o tratamento de fontes históricas, como fotografias e documentos oficiais, além de publicações da época. 

Endereço: http://cev.org.br/biblioteca/anais-do-xiv-chelef

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.