A Educação Física, as Normalistas e as Professoras: a Educação Física na Escola Normal de Sergipe.

Por: Ana Carrilho Romero Grunennvaldt.

95 páginas. 1999 13/02/1999

Send to Kindle


Resumo

A Escola Normal de Sergipe foi uma das instituições que servem de base para o processo da instrução pública no Estado, principalmente no que se refere à democratização e interiorização do ensino, pois eram as normalistas recém formadas que partiam para os sertões, no intuito de iniciar e implementar a instrução pública nesses povoados distantes. Este estudo tem por objetivo resgatar e registrar a memória da Educação Física em Sergipe com ênfase numa instituição – Escola Normal de Sergipe. O estudo chega às seguintes constatações: a) a Educação Física na Escola Normal de Sergipe, inicialmente, constituiu seu campo pedagógico baseado na perspectiva da educação integral. O desenvolvimento científico e a complexidade da ação educativa exigem profissionais especializados – os professores de Educação Física. b) a Escola Normal de Sergipe exerce papel fundamental neste processo de capacitação dos professores e consolidação de uma concepção de Educação Física feminina. c) a Educação Física na Escola Normal de Sergipe somente poderá ser efetivada, se satisfeitos os seguintes fatores: o espaço físico adequado para a prática das atividades físicas; a formação de professores para ministrar esta disciplina e a regulamentação legal para esta prática docente.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=1472&listaDetalhes%5B%5D=1472&processar=Processar

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.