A Educação Física no Cetep Marechal Hermes: Um Estudo no Cotidiano Escolar

Por: Rita de Cássia Magalhães de Mello Costa.

134 páginas. 2004

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente trabalho foi descrever como a aula de Educação Física está identificada na vida cotidiana de três escolas da rede pública, a partir dos significados explicitados no discurso da comunidade investigada. Os aspectos destacados trataram de compreender os limites e desafios que esta disciplina enfrenta no processo educativo dos alunos, assim como o seu papel no projeto global das escolas estudadas. Para a produção de informações, a trajetória metodológica identificou-se com a pesquisa do tipo etnográfica, além de utilizar-se de um questionário e da técnica de entrevistas semiestruturadas com membros da comunidade escolar do CETEP Marechal Hermes, instituição composta por três escolas da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro. Os elementos presentes na discussão se originaram de interpretações desenvolvidas durante a investigação no campo, que levantou: (a) a caracterização das escolas; (b) os aspectos organizacionais da disciplina Educação Física; (c) as opiniões de professores, direção e alunos sobre a aula de Educação Física nessas escolas. As reflexões se desenvolveram tendo como referência o diálogo com autores que versam sobre a temática da educação e da Educação Física escolar. Conclui-se, em termos gerais, que a intervenção escolar no processo educativo dos alunos vive uma incoerência entre a sustentação de um discurso progressista no seio da escola pública e a incapacidade de conseguir resolver seus problemas mais emergentes. Assim, o discurso progressista parece ter eficácia simbólica para falar dos objetivos da escola, mas esta eficácia ainda não se reflete nas ações dos professores. O corpo docente de Educação Física enfatiza seu compromisso acerca da consolidação de valores para a formação do aluno, mas aponta as dificuldades denominadas macroestruturais (poucos recursos, condições funcionais deficientes, etc.) como determinantes para sua pouca satisfação profissional e menor qualidade no ensino. Em termos específicos, o Centro Esportivo de certa forma funciona como uma "quarta unidade" dentro do CETEP, pois se mostra como um departamento responsável por oferecer atividades esportivas aos alunos das três escolas do CETEP, o que reforça a idéia da diferença e de complementaridade que esta disciplina cumpre no espaço do currículo. A Educação Física é percebida por direção e alunos como atividade acessória pelo tipo de conhecimento e experiência socializada nas aulas, no entanto a própria especificidade da aula é propícia para a sociabilização dos discentes e capaz de gerar novas formas de conciliação, num momento em que a escola é pouco valorizada. Neste sentido, os professores de EF encontram um campo fértil de discussão, para que mesmo considerando sua disciplina diferente sim das demais, sejam capazes de socializar conhecimentos, valores, e ações que alcancem significativas contribuições na formação do aluno.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=330&listaDetalhes%5B%5D=330&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.