A Educação Física e a Promoção da Saúde: Formação Profissional e Desenvolvimento de Competências

Por: Thaís Guerreiro Scabar.

2014 18/03/2014

Send to Kindle


Resumo

A demanda de educadores físicos para atuar na Promoção da Saúde (PS), em especial na Atenção Básica, tem aumentado, o que requer dos profissionais formação adequada para atender às atuais necessidades da população. As DCNS para os cursos de Educação Física (EF) orientam para aquisição e desenvolvimento de competências e habilidades em PS, no entanto, a formação do profissional têm-se centrado na realização de diagnósticos, avaliação e prescrição de atividades físicas. Poucas publicações divulgam como são viabilizadas as propostas da Política Nacional de Promoção da Saúde na formação dos profissionais sob a perspectiva das Conferências Internacionais de PS e das principais referências em competências para PS, como o Projeto CompHP. São escassos os estudos sobre a atuação destes profissionais no SUS. Os objetivos foram: 1-identificar as percepções, opiniões e conhecimentos de estudantes e docentes de EF sobre o campo da PS; 2-verificar se as percepções, opiniões e conhecimentos dos alunos e docentes sobre o campo da PS condizem com o referencial teórico proposto nas Conferências Internacionais; 3-identificar qual referencial teórico de PS está sendo utilizado no curso de EF de uma Instituição Privada do Estado de SP; 4-investigar quais elementos das competências fundamentais para PS, segundo o CompHP, o referido curso tem contemplado. A metodologia foi quali-quantitativa e os instrumentos foram análise documental e aplicação de questionários aos alunos e docentes. Os dados foram analisados com base na técnica de análise de conteúdo de Bardin. Concluiu-se que embora o Projeto Pedagógico propusesse a construção de habilidades e competências para PS, o curso não propunha componentes curriculares que abordassem a PS sob a perspectiva das Conferências Internacionais e Projeto CompHP. Estudantes e docentes associaram com frequência PS com práticas físicas e esportivas, em detrimento às questões sociais e culturais, refletindo os conceitos de Saúde e PS que possuem, voltados para o ideal da mudança de comportamento. O conceito de PS com enfoque social e inclusivo não foi mencionado. A presença do conteúdo de PS nos cursos de EF é fundamental para atender as demandas sociais, sendo que o Projeto CompHP poderia contribuir para tal. No entanto, é fundamental considerar as demandas regionais relacionadas aos setores sociais, pois a PS visa, sobretudo, o empoderamento da população na luta pelo alcance dos direitos sociais, cenário mutante e heterogêneo no nosso país.

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6135/tde-27032014-084905/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.