A Educação Física Escolar e o Streetball: Modismo ou Realidade?

Por: e Rogério Vaz da Silva.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivos:
Este trabalho, projeto inicial de conclusão de curso, tem por objetivo propor a inclusão do streetball ou basquete de rua como conteúdo da educação física escolar, partindo do pressuposto que esta forma diferente de se jogar basquetebol é cada vez mais conhecida, praticada e institucionalizada mundialmente, sendo incorporada por muitos alunos da rede pública e particular de educação durante intervalos escolares.

Métodos e resultados:
Realizou-se uma pesquisa teórica a respeito do streetball: sua origem, representação social, difusão, relação com o basquetebol “tradicional” e associação e/ou apropriação pelo movimento hip-hop. Fez-se necessário compreender alguns conceitos de cultura e suas reais influências no cotidiano. Durante este processo de construção de conhecimento, evidenciou-se que: transformações e mudanças são fatores inerentes à sociedade, tornando-se essenciais e necessárias, também dentro do ambiente escolar; e dentre os benefícios que o streetball pode proporcionar se destacam desde sua utilização como mais um tipo de jogo desportivo coletivo até sua contextualização interdisciplinar com a história no que concerne aos movimentos sociais, com a arte em relação ao grafite, com atividades rítmicas tratando-se do break, às línguas portuguesa e estrangeira, sobretudo na montagem das rimas de rap, entre outros.

Conclusão:
Os estudos realizados mostraram que o streetball detém uma possibilidade de interdisciplinaridade diferenciada e que a inclusão do “novo” no procedimento de ensino (no caso, a educação física), além de pertinente, é comumente bem recebida pelos discentes, sobretudo, quando este “novo” traduz-se na incorporação formal de uma prática antesinformal, demandada pelos próprios alunos.

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.