Send to Kindle


Resumo

Apresentamos aqui o resultado de três pesquisas executadas em seqüência pelo
LEPEF entre 2003 e 2005, versando sobre Educação Física Escolar (EFEsc). A
primeira tratou das concepções sobre EFESc entre docentes do Curso de Educação
Física de Volta Redonda; a segunda analisou a constituição de políticas educacionais
para a Educação Física em Secretarias Municipais de Educação da região Sul
Fluminense e a última buscou entre docentes da rede municipal de ensino de Volta
Redonda os elementos de sua formação acadêmica que são marcantes em sua ação
profissional. Estes estudos se convergem e unificam na tentativa de identificar um
perfil sobre a EFESc na cidade de Volta Redonda, bem como visam analisar a
trajetória de formação e atuação do profissional de Educação Física no espaço da
escola, se justificando por ser esta uma região de importância e tradição na área da
Educação Física no Rio de Janeiro e que tem um dos cursos de graduação mais
antigos do país, com inserção nas escolas desde longo tempo. Estes estudos foram
executados a partir de metodologias qualitativas, fazendo uso do estudo de caso e do
estudo comparado, tendo questionários, entrevistas e observações como mecanismos
de coleta de dados diretamente com professores do curso de graduação, membros
das secretarias municipais de educação e professores da rede municipal de ensino.
Como resultados identificamos que ainda persistem conceitos e noções sobre a
EFESc a partir de preceitos apontados como tradicionais, demonstrando pouco
conhecimento sobre as discussões e literaturas em debate no campo pedagógico da
Educação Física, não havendo uma definição de políticas educacionais para a disciplina
e nem mesmo uma sustentação didático-pedagógica.A EFESc se mostra fortemente
caracterizada pela predominância esportiva e competitiva, sendo os jogos estudantis
a grande meta das ações da área. Observamos também dificuldades e mesmo a
inexistência de um planejamento sistemático, limitando as aulas à repetição de
conteúdos esportivos, justificados a partir da repetição de jargões vulgares, sem
haver nenhuma proposta de avaliação definida. Com isto, apontamos que na cidade
estudada a EFESc carece de fundamentação e organização, de forma a justificar sua
inserção no cotidiano escolar e para isto, o acesso e uso da produção acadêmica, a
valorização docente, a organização administrativa e a resignificação da formação em
ação junto às secretarias e escolas são mecanismos para melhor estruturar a EFESc.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/71_Anais_349.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.