A Educação Física na Educação Profissional e Tecnológica: Uma Análise dos Planejamentos de Ensino

Por: J. D. Boscatto e R. Z. Scandolara.

IX Congresso Internacional de Educação Física e Motricidade Humana XV Simpósio Paulista de Educação Física

Send to Kindle


Resumo

A educação profissional e tecnológica pública no Brasil vem se expandindo de forma expressiva e rápida nos últimos anos. Entre as modalidades de ensino que são ofertadas, destacam-se os cursos técnicos integrados ao ensino médio em que a Educação Física é componente curricular obrigatório. Torna-se fundamental compreender quais são os saberes, as competências e as habilidades que vem sendo desenvolvidos nas aulas de Educação Física. O objetivo desse estudo foi pesquisar como os professores de Educação Física organizam o currículo formal no ensino médio integrado de uma instituição pública e federal localizada em Santa Catarina. Trata-se de uma pesquisa de cunho qualitativo que buscou compreender quais são os conhecimentos desenvolvidos nas aulas de Educação Física. A amostra foi constituída de forma intencional, por 6 professores de Educação Física que atuam no ensino médio integrado em diferentes regiões do estado de Santa Catarina. Os dados foram coletados por meio da análise das ementas e dos planos de ensino da Educação Física dos cursos integrados. Com a coleta dos resultados, percebe-se que a carga horária para desenvolver as práticas de ensino é de 160 horas ministradas nos dois primeiros anos. Constatou-se que os professores abordam diferentes saberes que são tratados como "bases tecnológicas" das quais, derivam competências e habilidades. Há uma vasta diversidade de saberes/bases tecnológicas que em momentos se aproximam e em outros se distanciam quanto a fundamentação epistemológica da Educação Física. Das bases tecnológicas analisadas encontraram-se as seguintes temáticas: qualidade de vida, promoção de saúde, cultura de movimento (jogos, esportes, danças), exercício físico, atividade física, fisiologia corporal, nutrição, mídia, aspectos sociais, folclóricos e culturais, corporeidade. Essa amplitude e diversidade de saberes pode estar relacionada principalmente a formação inicial e continuada dos professores que aconteceram em tempos e em instituições de ensino distintos. Por se tratar de uma única instituição de ensino, porém, distribuída em diferentes campus e municípios, percebe-se a necessidade de adequação dos conteúdos que compõe o currículo. Essa demanda está relacionada principalmente aos aspectos de nomenclaturas e terminologias que são utilizadas para organizar o currículo, bem como da distribuição coerente das bases tecnológicas ao longo dos dois anos em que a Educação Física é ministrada no ensino médio.

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/10060/10060

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.