A Educação Física na Escola Indígena: Limites e Possibilidades

Por: Maria do Socorro Craveiro de Albuquerque.

1999 05/07/1999

Send to Kindle


Resumo

Discute uma educação que considere as especificidades e interesses dos povos indígenas. Mais especificamente, procura verificar os limites e possibilidades da implantação da Educação Física na escola indígena. Inicialmente, apresento um resumo dos principais elementos que determinam atualmente o sentido e a natureza da questão indígena e que posicionam os índios diante de suas perspectivas de ação politica. O primeiro desses elementos refere-se a visível recuperação demográfica da população indígena brasileira, que hoje conta com uma taxa de crescimento superior a media nacional. Outros elementos igualmente importantes referem-se ao poder de interferência dos interesses econômicos, dos militares, da igreja e da sociedade civil na correlação de forcas entre os índios e a sociedade nacional no contexto histórico brasileiro. E, nesse sentido, adentramos a questão da articulação entre o movimento indígena e os movimentos populares somatório de forcas e ideias que dão novos significados e direção a defesa dos índios brasileiros como parceiros definitivos da realidade pluriétnica nacional. Em seguida, trato da educação escolar indígena a partir dos novos marcos conceituais estabelecidos na década de 80 e do significado da escolarização como reforço da identidade indígena. As conclusões sugerem a necessidade de assegurar a continuidade da discussão iniciada, apontando um caminho possível na Educação Física: a formação do professor índio como pesquisador das práticas corporais de seu povo. Seu trabalho resultaria em revitalização cultural, reforço da identidade e releitura das práticas corporais da sociedade envolvente. Esses elementos serviriam como subsídio para uma aprendizagem contextualizada e mais efetiva para as comunidades indígenas.
 

Endereço: http://pantheon.ufrj.br/handle/11422/3638

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.