A Educação Física e o Projeto Político-pedagógico do Colégio Estadual Visconde de Cairú: Proximidade ou Distanciamento?

Por: .

2005 08/04/2005

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo foi desenvolvido na linha de pesquisa denominada Educação Física Escolar e Cultura da Universidade Gama Filho. Teve como objetivo verificar se o Projeto Político-Pedagógico (PPP) do Colégio Estadual Visconde de Cairu (CEVC) influenciou as ações pedagógicas dos professores de Educação Física. A questão do estudo foi analisar a forma como se deu a participação da equipe dos professores de Educação Física (EF) durante o processo de elaboração do PPP, e que efeitos esse processo produziu no cotidiano da referida equipe. Para responder à questão em tela, a metodologia de estudo foi a abordagem de caráter etnográfico, por intermédio da utilização de técnicas de observação direta e indireta junto à equipe de EF. Foi também realizado um levantamento sobre a participação dos professores das demais disciplinas na elaboração do PPP, com o objetivo de obter um quadro mais geral desse processo. Os achados do estudo indicam que o projeto político-pedagógico (PPP) do Colégio Estadual Visconde de Cairu, elaborado a partir de uma exigência da Secretaria Estadual de Educação do Rio de Janeiro (SEE-RJ), serviu para legitimar as práticas pedagógicas presentes no cotidiano, bem como para reduzir os conflitos surgidos entre os professores que desejavam propor mudanças na concepção de EF adotada e os que desejavam manter a EF da forma que sempre foi trabalhada na escola. O documento funcionou como um processo ritual em que os “hereges” foram reconhecidos pelos “cardeais”, sem que houvesse unificação do credo pedagógico, para usar uma metáfora ao estilo de Bourdieu1. 

Endereço: https://www.dropbox.com/s/ns0ce2udrvqiak3/UGF.00288.pdf

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.