A Educação Física no Projeto de Autoria da Comissão Pró-índio do Acre

Por: Maria do Socorro Craveiro de Albuquerque.

Jogos e Culturas Indígenas: Possibilidades Para a Educação Intercultural na Escola.

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

Em levantamento parcial da produção brasileira recente sobre educação escolar indígena, Lopes da Silva (1999) estima essa produção em torno de 200 títulos publicados, na qual não se incluem os materiais didáticos e pedagógicos em línguas 
indígenas e nem os textos redigidos e publicados por professores indígenas. 
O mais recente inventário sobre dissertações de mestrado e teses de doutorado defendidas em universidades brasileiras, cujas temáticas, em sentido amplo, têm relação com os processos de introdução da instituição escolar em terras indígenas 
foi realizado por Grupioni (2003). No período que se estende de 1978 (quando foi apresentada a primeira dissertação de mestrado sobre educação bilíngue), a 2002 (momento em que o inventário foi fechado) o autor contabilizou setenta e quatro 
dissertações e teses defendidas em diferentes áreas do conhecimento, o que evidencia que a temática da educação escolar indígena adquiriu importância acadêmica, compondo um campo de saber interdisciplinar, com um volume crescente de pesquisas realizadas e resultados compartilhados. 
Segundo Grupioni (na obra citada), é na área de educação que se contabilizam mais da metade do total das pesquisas acadêmicas sobre educação escolar indígena. São muitos os temas e as problemáticas enfocados nas dissertações e teses, reunidas no inventário: há estudos sobre o papel da escola em determinados povos indígenas; refl exões sobre currículos; diários de classe; produção de materiais didáticos; análises de programas e cursos de formação de professores indígenas; estudos de políticas indigenistas, do movimento indígena pela educação escolar e sobre a implantação de escolas em terras indígenas; estudos sobre a relação entre oralidade e escrita; descrmissão de conhecimento e de processos de socialização de crianças indígenas; análises de práticas linguísticas, discursivas e de letramento; estudo da contribuição de certas disciplinas (Geografi a, Matemática, Educação Física1, etc.) para a escola indígena; análise de textos escritos por alunos e professores indígenas; estudos de aquisição de  segunda língua; investigação sobre a noção de infância, de aprendizagem e de pedagogias indígenas dentre uma infi nidade de temas. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.