A Educação Física Tradicional Sofre, Mas Ainda Vive

Por: Jarbas Gomes Remonte.

Acta Scientiarum : Education - v.36 - n.1 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Esportivista, militarista, disciplinadora, acrítica... são vários os adjetivos utilizados para qualificar negativamente a Educação Física tradicional. Isso provocou-nos um interesse no sentido de verificar se tais críticas são procedentes e realizar uma breve discussão sobre possibilidades de utilização de elementos ditos tradicionais na atual Educação Física escolar. Para tanto, buscamos em pesquisadores da História da Educação Física brasileira referências à Educação Física tradicional que justifiquem aquelas críticas. Em seguida, recorremos à Didática para conceituar a Pedagogia tradicional e aplicar esse conceito à Educação Física, de modo que ela possa ser denominada também de tradicional. Num terceiro momento, analisamos algumas críticas a esse tradicionalismo na tentativa de verificar se são procedentes. Concluímos que se algumas críticas são procedentes, outras apresentam equívocos. Entendemos que há uma confusão conceitual importante quando se fala em Educação Física tradicional. Por fim, sugerimos que a Educação Física tradicional ainda tenha espaço no quadro atual da Educação Física escolar.

Endereço: http://educa.fcc.org.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S2178-52012014000100014&lng=es&nrm=iso&tlng=pt

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.