A Educação Olímpica em Tempos de Pandemia e Ensino Remoto

Por: Carlos Rey Perez, Natália Kohatsu Quintilio e Sérgio Oliveira dos Santos.

Olimpianos - Journal Of Olympic Studies - v.4 - n.1 - 2020

Send to Kindle


.Resumo

Com a chegada da pandemia de coronavírus no Brasil e com a migração do ensino presencial para o ensino remoto, o sistema educacional, como um todo, precisou se reinventar. Desde 1996 o ensino brasileiro passou a ser alicerçado pelo aprender a ser, aprender a fazer, aprender a conhecer e aprender a conviver e, na década de 1970, a Educação Olímpica (EO) propõe um ensino para o desenvolvimento integral de crianças e jovens. A EO, na Prefeitura Municipal de São Caetano do Sul, se faz presente há, pelo menos, dois ciclos olímpicos, caracterizando-se como uma proposta interdisciplinar. Em consonância com uma atitude colaborativa e de corresponsabilidade, foi proposto, aos professores de educação física da referida rede, um trabalho colaborativo de construção de sequências didáticas, cujo tema, foi: ‘Olimpismo: educação e integração cultural para o desenvolvimento humano por meio do esporte’.

Endereço: http://olimpianos.com.br/journal/index.php/Olimpianos/article/view/111

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.