A Educação Olímpica nas Escolas de Tempo Integral.

Por: Letícia Godoy e .

Políticas Públicas e Esporte no Brasil.

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo foi elaborado para delinear os conceitos fundamentais do projeto de formação continuada para professores de Educação Física, da rede pública de ensino da cidade de Curitiba e demais municípios da região metropolitana, que atuam nos programas de educação em tempo integral. O conteúdo do projeto se propõe a difundir o ideal olímpico por meio do esporte.

Este texto apresenta parte da história da educação olímpica no Brasil e pretende aproximar e relacionar os valores olímpicos à prática esportiva. Tais experiências foram elaboradas, por um coletivo de pesquisadores do grupo de Pesquisa em Políticas Públicas para o Esporte, da Universidade Federal do Paraná. Discutir a ética na escola, nesse caso, através da prática do esporte, é trazer para o debate o sentido da convivência humana nas suas relações, considerando as várias dimensões da vida social.

Desta forma, pretende-se, aqui, encontrar e desenvolver procedimentos e estratégias metodológicas adequadas, que subsidiem o professor de Educação Física no desenvolvimento de ações para a aplicação de propostas metodológicas em educação olímpica.

No entendimento de Godoy (1996), não é possível precisar quando e por que os Jogos Olímpicos foram instituídos, apesar de oficialmente serem considerados os primeiros Jogos Olímpicos da antiga Grécia, os realizados em 776 a.C. Não existem registros exatos sobre as motivações para o surgimento dos Jogos Olímpicos, porém pressupõe-se que derivaram da necessidade do homem de demonstrar as habilidades importantes para a sobrevivência dos povos, principalmente a caça e as capacidades guerreiras. De sua origem, se tem conhecimento de que, na cidade de Olímpia, antiga Grécia, reuniram-se atletas de diferentes regiões para competir em diversas modalidades esportivas da época. Para reconhecimento de sua conquista, era colocada uma coroa de ramos de oliva, o que equivale às medalhas utilizadas como premiação nos dias atuais.

Os jogos eram realizados a cada quatro anos, pois todas as guerras eram cessadas para a realização deste evento que, por sua vez, combinava provas esportivas e rituais religiosos em honra aos deuses gregos. Os Jogos Olímpicos foram encerrados no império romano de 394 a.C, pelo imperador Teodósio que, após se converter ao cristianismo, considerou os jogos um ritual pagão.

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.