A Elaboração do Currículo da Educação Física Para as Escolas Municipais de 1997 em Cuiabá: Um Estudo Exploratório

Por: Diana Araújo Mendes e Marcos Roberto Godoi.

Corpoconsciência - v.21 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi compreender o processo de formação continuada e de elaboração do currículo de educação física para as escolas municipais publicado em 1997, em Cuiabá, Brasil. Para isto, entrevistamos uma coordenadora e dois professores. A proposta curricular foi construída relacionada ao movimento de renovação da educação física, com base na perspectiva crítico-superadora. De um lado, a gestão política abriu o espaço e determinadas condições para que a elaboração começasse a acontecer. De outro, a formação continuada e o empoderamento político do grupo de professores de educação física permitiram o estabelecimento de uma dinâmica que levou ao desenvolvimento do currículo.

Referências

ALVES, Wanderson Ferreira. A formação continuada e o desenvolvimento profissional do professor: paradigmas, saberes e práticas nos cursos de especialização em educação física escolar. Revista brasileira de educação física e esportes, São Paulo, v. 19, n. 1, p. 35-48, jan./mar. 2005.

AMARAL, Gislene Alves do. Planejamento de currículo na educação física: possibilidades de um projeto coletivo para as escolas públicas de Uberlândia/Minas Gerais. Movimento, Porto Alegre, RS, v. 10, n. 1, p. 133-155, jan./abr. 2004.

BRACHT, Valter e colaboradores. Pesquisa em ação: educação física na escola. 2. ed. Ijuí, RS: Unijuí, 2005.

CRUZ, Gilmar de Carvalho; FERREIRA, Júlio Romero. Processo de formação continuada de professores de educação física em contexto educacional inclusivo. Revista brasileira de educação física e esportes, São Paulo, v. 19, n. 2, p. 163-180, abr./jun. 2005.

CRISTINO, Ana Paula de Rosa; KRUG, Hugo Norberto. Um olhar reflexivo sobre a formação continuada de professores de educação física da rede municipal de ensino de Santa Maria-RS. Movimento, Porto Alegre, v. 15, n. 1, p. 63-83, jan./abr. 2008.

CUIABÁ, Secretaria Municipal de Educação. O ensino da educação física: uma proposta curricular para escola pública de Cuiabá. Cuiabá, MT: Secretaria Municipal de Educação, 1997.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2002.

GOODSON, Ivor F. As políticas de currículo e de escolarização. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

GRAMORELLI, Lilian Cristina; NEIRA, Marcos Garcia. Dez anos de Parâmetros Curriculares Nacionais: a prática da educação física na visão de seus atores. Movimento, Porto Alegre, v. 15, n. 4, p. 107-126, out./dez. 2009.

GÜNTHER, Maria Cecilia Camargo; MOLINA NETO, Vicente. Formação permanente de professores de Educação Física na rede municipal de ensino de Porto Alegre: uma abordagem etnográfica. Revista paulista de educação física, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 72-84, jan./jun. 2000.

GÜNTHER, Maria Cecília Camargo. A prática pedagógica da Educação Física no currículo organizado por ciclos. In: MOLINA NETO, Vicente e colaboradores (Orgs.). Quem aprende?: pesquisa e formação profissional em Educação Física escolar. Ijuí, RS: Unijuí, 2009, p. 37-66.

HERINGER, Dionésio Anito T.; FIGUEIREDO, Zenólia Cristina Campos. Práticas de formação continuada em educação física. Movimento, Porto Alegre, v. 15, n. 4, p. 83-105, out./dez. 2009.

HERNÁNDEZ, Fernando. A formação do professorado e a investigação sobre a aprendizagem dos docentes. In: MOLINA NETO, Vicente; TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva. (Orgs.). A pesquisa qualitativa na educação física: alternativas metodológicas. Porto Alegre, RS: EdUFRGS/Sulina, 1999, p. 45-59.

MARIN, Elizara Carolina e colaboradores. Formação continuada em educação física: relação entre mundo do trabalho, politicas educacionais e educação. Movimento, Porto Alegre, RS, v. 17, n. 2, p. 259-278, abr./jun. 2011.

MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa. Propostas curriculares alternativas: limites e avanços. Educação & Sociedade, Campinas, Ano XXI, n. 73, p. 109-138, dez., 2000.

MOREIRA, Evando Carlos (Org.). A educação física na rede municipal de ensino de Cuiabá: uma proposta de construção coletiva. Cuiabá, MT: EdUFMT, 2012.

MUÑOZ, Gabriel Humberto Palafox. Planejamento coletivo do trabalho pedagógico em educação física como sistemática de formação continuada de professores: a experiência de Uberlândia. Movimento, Porto Alegre, v. 10, n. 1, p. 113-131, jan./abr. 2004.

NEIRA, Marcos Garcia. A proposta curricular do Estado de São Paulo na perspectiva dos saberes docentes. Revista brasileira de educação física e esportes, São Paulo, v. 25, supl. 6, p. 23-27, nov., 2011.

ROSSI, Fernanda; HUNGER, Dagmar. As etapas da carreira docente e o processo de formação continuada de professores de educação física. Revista brasileira de educação física e esporte, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 323-338, abr./jun. 2012.

SACRISTÁN, José Gimeno. O currículo: uma reflexão sobre a prática. 3. ed. Porto Alegre, RS: ArtMed, 2000.

SANCHO GIL, Juana. Inovação e investigação educativa: aproximação a uma relação incerta. In: MOLINA NETO, Vicente; TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo Silva (Orgs.). A pesquisa qualitativa na educação física: alternativas metodológicas. Porto Alegre, RS: EdUFRGS/Sulina, 1999.

SANTOS, Ana Lúcia Felix dos. A educação física no contexto da política de educação municipal: analisando a experiência do município de Camaragibe-PE. Revista brasileira de ciências do esporte. Campinas, v. 24, n. 3, p. 53-69, mai., 2003.

SOARES, Carmen Lúcia e colaboradores. Metodologia do ensino da educação física. São Paulo: Cortez, 1992.

SPOLAOR, Gabriel da Costa; DAOLIO, Jocimar. A compreensão dos professores de educação física sobre o currículo do Estado de São Paulo: um olhar a partir das etapas da carreira docente. Conexões, Campinas, SP, v. 14, p. 87-103, jan./mar. 2016.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 8. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

ZAGURY, Tania. O professor refém: para pais e professores entenderem por que fracassa a educação no Brasil. Rio de Janeiro: Record, 2006.

Endereço: http://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/4618

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.