A Eutonia e a Deficiência Visual: a Construção da Corporeidade

Por: L. C. Berguemmayer e Mara Rubia Antunes.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Analisar a contribuição da Eutonia na construção da corporeidade da pessoa com deficiência visual.

Métodos e Resultados:
Como método para a coleta de dados foi utilizada uma Ficha de Anamnese onde constavam informações como a idade, sexo, escolaridade, diagnóstico e classificação da Deficiência Visual. Foram utilizados Pareceres Descritivos, nos quais foi descrito um diagnóstico da aluna observando sua deficiência, seu estágio de desenvolvimento, suas limitações e potencialidades. Por fim, foi realizado o registro fotográfico da mesma durante as aulas. A análise dos dados baseou-se na observação destes registros e na interpretação dos pareceres descritivos. A aluna apresentava domínio cognitivo, falando e compreendendo o que era solicitado. A linguagem era a sonora, sensitiva, tátil, auditiva e corporal. Apresentava dificuldade nos exercícios que envolviam a marcha, o equilíbrio, a postura e a percepção espacial.

Conclusão:
Percebeu-se a necessidade e importância de um programa de estimulação sensório-motor aliando a Eutonia com exercícios terapêuticos e pedagógicos já trabalhados na Educação Física. Visto que novas experiências de movimentos nas aulas de Educação Física podem possibilitar a exploração da corporeidade, proporcionando inúmeros benefícios na área sensitiva, auditiva, tátil e motora da pessoa com Deficiência Visual.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.