A Evolução dos Implementos do Atletismo e o Uso de Materiais Alternativos no Seu Processo Ensino-aprendizagem

Por: Jéfter Domingos Barbosa Campos e Thiago Mendes Olivo.

IX Congresso Brasileiro de História do Esporte, Lazer e Educação Física CHELEF

Send to Kindle


Resumo

O Atletismo conta a história esportiva do homem no Planeta. É chamado de esporte-base, Porque sua prática corresponde às funções naturais do ser humano como: correr, saltar, lançar. Não por acaso, a primeira competição esportiva de que se tem notícia foi uma corrida, nos Jogos de 776 a.C., na cidade de Olímpia, na Grécia, que deram origem às Olimpíadas. No Âmbito esportivo, essas funções naturais foram adaptadas de forma a dar um caráter Competitivo a sua prática, sendo também adaptados a uma nova realidade seus implementos Específicos. Desta forma, houve uma evolução de todos os materiais usados em competições Que, de acordo com a evolução dos atletas, alcançando marcas mais expressivas, necessitaram De implementos mais “individuais”, ou seja, de acordo com a realidade da performance Individual. Não só por isso, mas essa evolução também foi necessária para dar mais segurança E seguir a modernização da própria sociedade. Alguns exemplos seriam as barreiras, que hoje São individuais para cada raia, feitas de material sofisticado, mas que antes era uma única, Cobrindo todas as raias; outro exemplo seria o dardo, antes feito de bambu, e hoje feito até de Fibra de vidro. O Atletismo é um desporto de difícil abordagem em termo de iniciação Esportiva – visto suas múltiplas modalidades, que acaba por lhe conferir uma grande riqueza De experiências motrizes – e que deixa de ser trabalhado, seu conhecimento, em clubes e Escolas, na desculpa de ser complexo o seu processo de ensino-aprendizagem. Os Profissionais de Educação Física, em uma pseudo-interpretação, colocam que se torna Necessário um domínio total de seus conteúdos e materiais específicos. Desta forma, vem Sendo negado o seu aprendizado, o que geralmente já é usado como disciplina auxiliar, Deixando mais um conteúdo específico de ser desenvolvido nas aulas de Educação Física e na Iniciação atlética nos clubes. Sabendo que o processo ensino aprendizagem das diversas Modalidades do Atletismo vai depender do ímpeto de cada profissional da área de Educação Física em se aperfeiçoar, com a finalidade de estar ciente do seu amplo conteúdo, surgiu a Idéia deste trabalho de abordar um histórico da evolução dos seus implementos bem como Mostrar um caminho para que este não seja negado a sociedade, usando da criatividade e Capacidade de vencer situações  desfavoráveis de professores e alunos da nossa região, para a Construção de materiais e utilização de espaços físicos alternativos objetivando a prática do Atletismo de forma segura e até mesmo ecológica – visto o uso de materiais recicláveis –, Indo de encontro, com esta inovação pedagógica, à omissão existente do ensino de algumas de Suas modalidades.

Endereço: http://cev.org.br/biblioteca/anais-do-ix-congresso-brasileiro-de-historia-do-esporte-lazer-e-educacao-fisica-chelef

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.