A Expressão das Emoções em Jogos do Domínio Cooperaçãooposição: Presença ou Ausência de Vitória

Por: Francisco Manuel C. Cardoso.

III Congresso de Ciência do Desporto

Send to Kindle


O presente ensaio decorre de uma pesquisa experimental constante do projecto internacional de investigação, "Jogos e Emoções", criado por Lavega et al (2008), no Centro de Investigação de Estudos Praxiológicos da Universidade de Lérida, intitulado "A expressão das emoções em jogos do domínio sociomotor de cooperação: perspectivas quanto ao género". A principal finalidade deste estudo é a de proporcionar o aprofundamento sobre a ligação existente entre o jogo ou práticas motoras e as emoções, a partir da aplicação dos funadamentos da Praxiologia Motriz, tendo em consideração no caso específico desta pesquisa o domínio da cooperação-oposição e modalidades de jogos com vitória e jogos sem vitória. A amostra do estudo foi composta por 98 estudantes do primeiro ano da Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra no ano letivo 2008/2009, ambos os gêneros. O método aplicado foi o hipotético-dedutivo, e a metodologia de caráter experimental, sendo os instrumentos de recolha dos dados os originários do projeto principal após a tradução das matrizes apresentadas na língua catalã, destacando-se: a aplicação de um questionário de vivências desportivas e uma grelha de registro da expressão emocional sentida na realização de situações reais de jogo. A grelha foi composta por 12 jogos dos domínios cooperação, oposição e cooperação-oposição, tendo-nos fixado nesta última categoria para construírmos este trabalho, jogos estes desenvolvidos pelos constituintes da amostra, e que após a sua realização os avaliavam de acordo com de três categorias de emoções: positivas (alegria, humor, amor, bem-estar), negativas (raiva, nojo, ansiedade, tristeza, vergonha, enfado), e emoções ambíguas (esperança, surpresa, compaixão). Considerou-se uma escala de 0 a 10 para a valoração das emoções sentidas pelos intervenientes nos jogos. A análise dos dados foi feita através do Statistical Package for Social Sciences (SPSS), versão 15.0, software que se revelou adequado à natureza do estudo. De acordo com a tipologia do jogo com ou sem vitória, constatou-se que são os jogos sem vitória os que permitem uma menor expressão das emoções negativas. Ou seja, os jogos sem competição demonstraram proporcionar maior prazer do que os jogos de natureza competitiva.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.