A Fadiga Como Mal e o Exercício Físico Como Solução: Indícios da Circulação Dessas Concepções Científicas no Brasil de Início do Século XX

Por: Ana Carolina Vimieiro-gomes.

XVI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho discute algumas contribuições de estudos históricos da fisiologia para a história da educação física. Buscou-se apresentar uma revisão sobre modelos e práticas científicas da fisiologia experimental Ocidental oitocentista, relacionadas à objetivação e à mecanização dos corpos, para debater a ligação destas com a noção moderna de desempenho corporal - no trabalho, na guerra e no esporte - e suas implicações no campo da higiene. Encontram-se algumas evidências da circulação dessas idéias científicas no Brasil no início do século XX, mediante conceitos como fadiga (mal da modernidade) versus energização e do exercício físico (inclusive via esporte) como solução higiênica.

Endereço: http://congressos.cbce.org.br/index.php/conbrace2009/XVI/paper/view/576

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.