A Feira Kantuta Como Espaço de Lazer Para a Comunidade Boliviana de São Paulo

Por: .

XXV ENAREL - Encontro Nacional de Recreação e Lazer

Send to Kindle


Resumo

A cidade de São Paulo é destaque por sua diversidade cultural, constituindo-se como espaço privilegiado para experiências de habitantes de múltiplas origens. A possibilidade de manter a riqueza de suas tradições e de seus modos de vida, assim como preservar a manutenção e criação de relacionamentos, sociabilidade e manifestações culturais entre si, configura a capital paulista como uma importante ferramenta utilizada na preservação e promoção de culturas. Nesse contexto, a Feira Kantuta revela-se como uma oportunidade para a comunidade boliviana de São Paulo expressar a sua riqueza cultural de diversas maneiras. Conta com pouco menos que 90 barracas e recebe cerca de 2 mil pessoas a cada domingo, sendo que, destes, por volta de 90% são bolivianos, entre nativos e descendentes, que têm a oportunidade de encontro, divertimento e vivência dos costumes de seu país. Atualmente a Associação Gastronômica Cultural Folclórica Boliviana Padre Bento é a responsável pela organização do evento, sendo que este ocorre sem auxílio de políticas públicas, apesar de, cada vez mais, ganhar destaque como um meio de emancipar o lazer destes imigrantes.

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.