A Festividade do Círio de Nazaré e as Transformações do Arraial: Novas Práticas de Lazer na Afirmação do Turismo Religioso

Por: Lucília da Silva Matos.

Licere - v.13 - n.4 - 2010

Send to Kindle


Resumo

Este artigo tem como principal objetivo analisar alguns processos de  transformações na festividade do Círio de Nazaré e mais especificamente no Arraial de  Nazaré com destaque para as ocorrências a partir da década de 1980, período no qual  aconteceram grandes transformações nas festas populares com o aprofundamento da  “globalização econômica e técnica” e a “mundialização da cultura” (ORTIZ, 2005, 2006a). A  partir de então as festas populares, tornaram-se grandes atrativos de um mercado de bens e  serviços culturais atraindo investimentos públicos e privados voltados a sua valorização. No  caso do Círio de Nazaré há uma crescente ampliação dos eventos por toda a cidade de Belém  e um gradativo esvaziamento do sentido de Arraial pela refuncionalização de um lugar  público transformando-o em praça “sacralizada” e da transferência das atividades lúdicas  públicas para espaço pertencente à igreja que mais recentemente sofreu novas intervenções  tendo o turismo religioso como um dos principais objetivos.

Endereço: http://www.anima.eefd.ufrj.br/licere/pdf/licereV13N04_a4.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.