A Força de Preensão Manual Isométrica Como Indicador de Funcionalidade na Artrite Reumatoide: Um Estudo Preliminar

Por: Ana Paula Shiratori.

2013 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica com características incapacitantes. Os pacientes apresentam fraqueza, fadiga e redução da capacidade funcional. Assim, a mensuração da função torna-se um parâmetro importante na avaliação do paciente. Nesse contexto, o presente estudo investigou as relações entre os parâmetros da curva de força de preensão manual isométrica máxima e as medidas de funcionalidade em mulheres com AR. Participaram do estudo 9 mulheres com diagnóstico médico de AR (GAR) e 10 mulheres sem a doença (GC), com idade de 57,78±10,79 e 56,00±11,42 anos, respectivamente. Os indivíduos foram avaliados quanto à funcionalidade global por meio de um questionário auto relatado (Health Assessment Questionnaire - HAQ) e quanto a funcionalidade de membros superiores por meio de um teste de desempenho (Test d’Evaluation de la Performance des Membres Supérieurs dês Personnes Agées - TEMPA). Para a avaliação dos parâmetros da curva força vs tempo de preensão manual foi utilizado um dinamômetro digital (LABIN/UDESC), sendo que os parâmetros analisados foram: Força de preensão máxima (Fmax), tempo para atingir a força de preensão máxima (TFmax), pico da taxa de desenvolvimento da força em intervalos fixos de 100 e 10ms (PTDF-100ms e PTDF-10ms) e taxa de desenvolvimento da força a cada 10ms (In0-10ms, In10-20ms, In20-30ms, In30-40ms, In40-50ms, In50-60ms, In60-70ms, In70-80ms, In80-90ms e In90-100ms). Os indivíduos com AR apresentaram comprometimento da função, tanto global quanto específico de membros superiores. A partir da análise de correlação foi possível verificar que o PTDF-100ms é um bom parâmetro para indicar o comprometimento funcional dos pacientes com AR. Além disso, as demais taxas de desenvolvimento da força, nos diferentes intervalos de tempo, também forneceram valores associativos com a função global e a função de membros superiores.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.