A Formação de Jovens Futebolistas Além das Quatro Linhas: Uma Análise Sob a ótica dos Técnicos de Brasil e Portugal

Por: António José Barata Figueiredo, Carlos Eduardo de Barros Gonçalves, Fernando Renato Cavich, Juan Henrique Szmyczak Conde e Thaynara do Prado Szeremeta.

Pensar a Prática - v.20 - n.1 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar o processo de formação de jovens futebolistas sob a perspectiva de técnicos de Brasil e Portugal. Oito técnicos participaram do estudo, sendo quatro brasileiros e quatro portugueses. Foi utilizada a entrevista semiestruturada, da qual emergiram quatro categorias. O processo de formação de atletas é diferente entre os   países. O contexto social e pedagógico no Brasil passa por diversos departamentos específicos antes de chegar ao técnico, por outro lado, em Portugal o técnico tem mais proximidade com as questões sociais que envolvem os atletas. Uma realidade pode   aprender com a outra, a fim de que os atletas se desenvolvam tecnicamente, mas que também desenvolvam outras competências no caso de insucesso no futebol.

Endereço: https://www.revistas.ufg.br/fef/article/view/41613

Tags: Nenhuma cadastrada :(

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.