A Formação de Professores na Universidade: Reflexões Acerca da Cultura, Juventude e Trabalho Docente

Por: .

308 páginas. 2012 26/07/2012

Send to Kindle


Resumo

Este estudo é o resultado de uma pesquisa que objetivou avaliar, refletir e produzir conhecimentos acerca das condições dos sujeitos-jovem que ingressam nos cursos de licenciaturas na universidade. A finalidade da pesquisa foi de inserir de forma concreta no campo da formação de professores visando melhor compreender as questões que envolvem a presença dos jovens na educação superior, em particular as condições socioculturais e econômicas dos que ingressam nas licenciaturas na Universidade Federal de Goiás (UFG). O método de pesquisa baseou-se nos pressupostos sócio-históricos tendo como categoria principal o conceito de totalidade. Além da revisão da literatura acerca da universidade, trabalho docente e cultura juvenil, também foi revisitada a própria produção das pesquisas relacionadas à formação de professores e juventude nas últimas décadas no Brasil. Os dados empíricos foram extraídos de questionários com 274 estudantes de nove cursos de licenciaturas da UFG de onde se extraíram os dados sobre as condições socioeconômicas dos jovens, as práticas culturais, educacionais e políticas e de lazer dos jovens. As análises e interpretações das informações obtidas do campo empírico revelaram importantes fatores que constituem a realidade dos jovens dentro do contexto da formação superior. Os resultados obtidos demonstraram existir rupturas e distanciamentos entre o atual modelo de universidade, a formação de professores e a realidade dos jovens estudantes que ingressam nos cursos de licenciatura. Constatou-se, também, que a realidade da maioria dos jovens que ingressam nos cursos de licenciatura provém das classes sociais que vivem de seu trabalho. Muitos deles estão à margem dos processos de produção e de consumo da riqueza material e não-material socialmente produzida, e, por representar uma realidade sociocultural empobrecida, precarizada e marginalizada, encontram dificuldades para dar prosseguimento aos estudos, ampliando, com isso, os descompassos da universidade em relação a uma formação de qualidade e gerando uma precarização da docência no momento da intervenção dos professores junto à realidade educacional, cultural e social no sentido de mudanças e de transformações. Esta tese faz parte da Rede goiana de pesquisa sobre formação, perfil e atuação dos professores dos cursos de pedagogia em Goiás (FAPEG/CNPq) e do NEPIEC/FE/UFG.

Endereço: https://ppge.fe.ufg.br/n/46482-doutorado-2012

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.